WhatsApp Twuitter

Terça, 11 de julho de 2017, 14h47

Politica Nacional

Sem luz, senadoras mantêm ocupação da Mesa do Senado para impedir votação


Mesmo com os microfones desligados e as luzes do plenário apagadas, as senadoras de oposição que ocuparam a Mesa do Senado permanecem no local para tentar impedir a votação da reforma trabalhista. O presidente da Casa, Eunício Oliveira, foi impedido de presidir a sessão que iria analisar a proposta.

Antonio Cruz/Agência Cruz

Senadoras da oposição ocuparam a Mesa do Senado para impedir a votação da reforma trabalhista

O protesto é feito pelas senadoras Gleisi Hoffmann (PT-PR), Fátima Bezerra (PT-RN), Ângela Portela (PT-ES), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Lídice de Mata (PSB-BA), Regina Sousa (PT-PI) e Kátia Abreu (PMDB-TO).

A ocupação foi criticada por senadores governistas. ‘Isso é um verdadeiro vexame para o Senado, eu diria até uma vergonha. Nunca aconteceu isso aqui. Eu só posso dizer que estou chocado. Diante disso que aconteceu acho que o presidente está certo. O que nós queremos é votar, tudo se resolve aqui no voto e não dessa maneira‘, disse o senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN).

Já o senador Jorge Viana (PT-AC) disse que o impasse se deve à forma com que o governo está conduzindo as reformas no Congresso. ‘É uma atitude de um grupo de senadoras. · isso que dá esse impasse que o Brasil está vivendo. É claro que não é bom, mas, por outro lado, como é que pode se fazer uma reforma trabalhista sem que o Senado possa alterar um inciso, um artigo de uma lei que é tão importante para todo mundo?‘, avaliou.

Desde que suspendeu a sessão, o senador Eunício Oliveira se reúne com senadores de vários partidos da base para buscar uma solução para o impasse.

Umas das alternativas é a transferência da sessão para o Auditório Petrônio Portela, também, no Senado. No entanto, um grupo de sindicalistas protesta no local contra a reforma e contra o governo Michel Temer.
 



// matérias relacionadas

Quarta, 17 de janeiro de 2018

07:55 - Se Previdência não for votada em fevereiro, não será mais, diz Maia

Terça, 16 de janeiro de 2018

17:00 - Marun admite que ainda não tem votos suficientes para a reforma da Previdência

14:58 - Reforma da Previdência é prioridade, mas sem otimismo quanto à aprovação

Segunda, 15 de janeiro de 2018

19:30 - Pela Previdência, Marun tenta buscar apoio da indústria

Sexta, 12 de janeiro de 2018

12:52 - Maia diz que rebaixamento pode ajudar aprovação da reforma da Previdência

Quinta, 04 de janeiro de 2018

19:46 - Ambiente é favorável à aprovação da reforma da Previdência, diz André Moura

Quarta, 03 de janeiro de 2018

08:10 - Carlos Marun é levado à Comissão de Ética Pública por reforma da Previdência

Quinta, 28 de dezembro de 2017

08:26 - Rombo na previdência é invenção, diz entidade de aposentados

Quarta, 27 de dezembro de 2017

13:59 - No Rio, Temer volta a defender a reforma da Previdência

Sexta, 22 de dezembro de 2017

17:30 - Maia quer retomar discussão da Previdência entre Natal e ano-novo


// leia também

Quinta, 18 de janeiro de 2018

17:30 - Temer nega ter pedido a Loures que recebesse 'recurso de campanha'

16:00 - Procurador diz não ver razões para pedir prisão de Lula

15:15 - Julgamento de Lula será transmitido pelo Youtube

15:07 - Defesa de Temer entrega respostas a perguntas da PF sobre Decreto dos Portos

13:40 - Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná

11:25 - Capez deve trocar PSDB pelo PSB

11:24 - Presença oficial de Bosonaro em comissões caiu de 141 para 34 reuniões

11:21 - No recesso, auxiliares de Bolsonaro mantêm ativo marketing digital

11:21 - Legítimo se preocupar com potenciais adversários, diz Meirelles sobre Maia

11:15 - Após ser hostilizado por brasileiras, Gilmar Mendes recebe elogios em Lisboa