WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de setembro de 2017, 11h15

Grupo JBS doou R$ 4 milhões para membros da CPI


Recém-criada no Congresso, a CPI mista da JBS tem cerca de um terço de seus atuais integrantes financiados pela empresa, líder mundial de processamento de carnes. Ao todo, foram cerca de R$ 4 milhões doados para as campanhas que elegeram 15 parlamentares dos 49 que fazem parte do colegiado.

A comissão, que nesta terça-feira, 12, teve a sua primeira reunião de trabalho, ainda tem 19 vagas para serem preenchidas. A maior parte é do PMDB do Senado, que deve indicar os nomes apenas nesta quarta-feira, 13. Ao todo, dez dos 23 senadores da bancada peemedebista receberam doação da JBS durante suas campanhas.

A reunião desta terça da CPI foi marcada pela polêmica em torno da escolha do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) como relator. Integrante da tropa de choque do presidente Michel Temer no Congresso, a indicação foi articulada pelo Planalto, que queria alguém alinhado ao governo no cargo.

Marun é um dos que receberam da JBS. Ao todo, foram R$ 103 mil doados para a campanha que o elegeu em 2014. Questionado, o deputado disse não ver constrangimento em ser relator de uma CPI que tem como um dos objetivos investigar os termos do acordo de colaboração que a empresa firmou com o Ministério Público Federal.

A escolha provocou a saída de ao menos dois senadores do colegiado. Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Otto Alencar (PSD-BA) desistiram de integrar a CPI mista.  



// matérias relacionadas

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

11:49 - Solto na madrugada, Wesley Batista aguarda colocação de tornozeleira eletrônica

08:20 - Wesley Batista deixa carceragem da Polícia Federal em São Paulo

Terça, 20 de fevereiro de 2018

20:12 - STJ manda soltar os irmãos e delatores Wesley e Joesley Batista

11:53 - Comandante da Marinha diz que Lava Jato não atrasou construção de submarinos

Domingo, 18 de fevereiro de 2018

14:00 - Primo de Aécio é acusado de violar uso de tornozeleira

Quinta, 15 de fevereiro de 2018

10:56 - Lula pede suspensão de perícia sobre sistema de propina da Odebrecht

Quarta, 14 de fevereiro de 2018

12:25 - Ministro do STF prorroga prazo de inquérito contra Blairo Maggi

Segunda, 12 de fevereiro de 2018

18:34 - Preso desde abril de 2015, Vaccari recorre ao Supremo

08:22 - Marcelo Odebrecht entrega nota de pagamento a filme sobre Lula

Sábado, 10 de fevereiro de 2018

14:30 - Caso de irmão de Dirceu levou quase 5 meses entre o veredicto no TRF e a prisão


// leia também

Quarta, 21 de fevereiro de 2018

13:27 - É cedo para avaliar efeitos da reforma trabalhista, diz indicado para TST

12:00 - Dirceu vira réu por propinas depois de condenado no mensalão

11:57 - Temer fez intervenção pensando em se reeleger, diz Lula à rádio de MG

11:56 - Do Planalto, Vale Rocha faz primeira reunião com equipe de Direitos Humanos

11:53 - Líderes do PTB se reúnem com Temer e devem tratar de indicação para o Trabalho

11:50 - Ministro diz que Congresso é soberano; Senado e Câmara definirão pautas

08:43 - Exonerada, Luislinda irá a Suíça representar governo em evento

Terça, 20 de fevereiro de 2018

20:30 - Justiça bloqueia R$ 1,67 milhão de prefeito amazonense acusado de improbidade

20:10 - PGR defende detalhamento de decreto sobre intervenção

18:42 - PTB desiste de indicar Cristiane Brasil para o Ministério do Trabalho