WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de setembro de 2017, 11h15

Grupo JBS doou R$ 4 milhões para membros da CPI


Recém-criada no Congresso, a CPI mista da JBS tem cerca de um terço de seus atuais integrantes financiados pela empresa, líder mundial de processamento de carnes. Ao todo, foram cerca de R$ 4 milhões doados para as campanhas que elegeram 15 parlamentares dos 49 que fazem parte do colegiado.

A comissão, que nesta terça-feira, 12, teve a sua primeira reunião de trabalho, ainda tem 19 vagas para serem preenchidas. A maior parte é do PMDB do Senado, que deve indicar os nomes apenas nesta quarta-feira, 13. Ao todo, dez dos 23 senadores da bancada peemedebista receberam doação da JBS durante suas campanhas.

A reunião desta terça da CPI foi marcada pela polêmica em torno da escolha do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) como relator. Integrante da tropa de choque do presidente Michel Temer no Congresso, a indicação foi articulada pelo Planalto, que queria alguém alinhado ao governo no cargo.

Marun é um dos que receberam da JBS. Ao todo, foram R$ 103 mil doados para a campanha que o elegeu em 2014. Questionado, o deputado disse não ver constrangimento em ser relator de uma CPI que tem como um dos objetivos investigar os termos do acordo de colaboração que a empresa firmou com o Ministério Público Federal.

A escolha provocou a saída de ao menos dois senadores do colegiado. Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e Otto Alencar (PSD-BA) desistiram de integrar a CPI mista.  



// matérias relacionadas

Quinta, 21 de setembro de 2017

13:48 - Joesley e Wesley são indiciados pela PF por manipulação de mercado

13:21 - PF identifica compra de Porsche a Eduardo Cunha pelo dono da Gol

12:38 - Moro dá 15 dias a Lula para provar que valores bloqueados são de Marisa

11:58 - Moro manda bloquear R$ 1,5 milhão de Vaccarezza

10:41 - STF deve concluir hoje julgamento sobre 2ª denúncia contra Temer

08:35 - Justiça Federal condena Sergio Cabral a 45 anos de prisão

Quarta, 20 de setembro de 2017

19:18 - Raquel Dodge defende envio da denúncia contra Temer à Câmara

13:15 - Joesley contratou empresa de delegado que atuou no caso Marcela Temer

12:52 - Entrega dos novos áudios de delatores foi uma 'casca de banana'

12:13 - Defesa de Temer volta a pedir ao STF que devolva denúncia à PGR


// leia também

Quinta, 21 de setembro de 2017

21:50 - STF retomará julgamento sobre ensino religioso em escolas públicas na 4ª feira

21:35 - Jungmann e Pezão prometem retorno de operações das Forças Armadas no Rio

21:17 - PF mapeia doações de empresas investigadas ao PMDB

20:15 - Ex-secretário de Saúde de Cabral depõe e nega obstrução de Justiça

18:24 - Presidência rebate depoimento de Funaro e diz que doleiro desinforma o MPF

18:02 - Polícia Federal aponta 9 motivos para indiciamento de Joesley e Wesley Batista

17:58 - Doria: 'Não desconsidero prévias, mas é importante que também existam pesquisas'

15:38 - Por 10 a 1, Supremo manda já para a Câmara 2ª flechada de Janot contra Temer

13:00 - CPMI da JBS convoca ex-procurador Marcello Miller e executivos da JBS

11:22 - Líder do DEM critica ação do PMDB na busca por deputados dissidentes do PSB