WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de setembro de 2017, 12h16

pela 2ª vez

Lula é interrogado pelo juiz Sérgio Moro em Curitiba; acompanhe em tempo real

Redação do GD


Divulgação

O interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva começou 14h (horário de Brasília - em Mato Grosso às 13h) desta quarta-feira (13), em Curitiba e está sendo conduzido pelo juiz federal Sérgio Moro.

Ele é investigado em 6 processos na Justiça Federal, 3 na Lava Jato. No 1º já foi condenado a 9 anos e meio de prisão.

Na ação penal, o Ministério Público Federal (MPF) acusa o ex-presidente de ter recebido da Odebrecht um apartamento em São Bernardo do Campo (SP) e um terreno em São Paulo para construção da sede do Instituto Lula. Segundo a denúncia, em troca, a empreiteira foi beneficiada em contratos com a Petrobras.

 Clique aqui e acompanhe a cobertura em tempo real.



// matérias relacionadas

Terça, 19 de setembro de 2017

19:30 - Lula e Gilberto Carvalho se tornam réus por corrupção passiva

Segunda, 18 de setembro de 2017

16:22 - Investigados da Lava Jato 'compraram' visto europeu, diz jornal

Domingo, 17 de setembro de 2017

10:35 - Supremo prevê relação menos tensa com Dodge

Sexta, 15 de setembro de 2017

21:40 - Defesa recorre ao STJ com novo UC contra prisão dos irmãos Batista

20:09 - Após audiência de custódia, Joesley Batista ficará preso na PF em SP

19:10 - Cunha chega a Brasília, onde vai depor em processo sobre desvios

17:56 - Prisão vai impedir Wesley de voltar a práticas ilícitas, afirma juíza

13:32 - Michel Temer não comenta nova denúncia de Janot

12:33 - Joesley chega a São Paulo para audiência de custódia

Quinta, 14 de setembro de 2017

23:30 - Aliados e oposição divergem sobre envio de denúncia contra Temer


// leia também

Terça, 19 de setembro de 2017

23:30 - Mulher de Cabral fez 11 compras de joias, maioria sem nota fiscal

22:15 - Fachin rejeita pedido da defesa de Temer e mantém denúncia no STF

21:19 - Senado aprova em segundo turno PEC do Simples Municipal

20:58 - Câmara conclui votação de MP que prevê renegociação de dívidas

20:46 - Mulher de Cabral fez 11 compras de joias, maioria sem nota fiscal

17:13 - STF mantém com Moro delação da Odebrecht que incrimina Gim Argello

16:20 - Lula quis evitar vizinhos indesejados, diz 'compadre'

16:10 - 'Brasil precisa desesperadamente da reforma política', diz Barroso

12:42 - Pesquisa CNT revela que 75,6% reprovam governo Temer

12:37 - Relator da reforma política aposta na votação da mudança do sistema eleitoral