WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de setembro de 2017, 15h30

POR UNANIMIDADE

Maioria do STF vota por manter Janot frente às investigações contra Temer


A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) negou nesta quarta-feira pedido da defesa do presidente Michel Temer para impedir o procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, de atuar nas investigações contra Temer com base na delação premiada dos executivos do grupo J&F.

Acompanharam o ministro Luiz Edson Fachin, relator do pedido da defesa e que negou monocraticamente o pedido dos advogados do presidente, os ministros Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio Mello e Dias Toffoli.

Com isso, até agora sete dos 11 ministros do Supremo se posicionaram contra o recurso apresentado pela defesa de Temer. Até a publicação desta matéria, o ministro Gilmar Mendes não havia aparecido no plenário da Corte para participar da sessão, embora estivesse em seu gabinete no início da sessão, segundo apurou o Broadcast.

Em seu voto, Lewandowski afirou que Janot estava exercendo o "ônus constitucional" de sua competêcia ao denunciar o presidente da República. "Se eventualmente usou expressão um pouco mais digamos inusitada, essa expressão também foi enderessada a outros investigados", afirmou.

Wilson Dias / ABr

De acordo com o ministro, isso mostra que o presidente da República não foi o "alvo exclusivo" das ações de Janot.

 "Também outros partidos, outros políticos foram igualmente atingidos. Portanto, não há que se cogitar hipótese de suspeição". afirmou.



// matérias relacionadas

Quarta, 20 de setembro de 2017

17:47 - Maioria do STF vota pelo envio de denúncia contra Temer à Câmara

Terça, 19 de setembro de 2017

17:13 - STF mantém com Moro delação da Odebrecht que incrimina Gim Argello

Segunda, 18 de setembro de 2017

17:08 - Jean Wyllys chama decisão de juiz sobre 'cura gay' de 'aberração jurídica'

15:03 - Juiz permite aplicação de terapia de reversão sexual por psicólogos

Quinta, 14 de setembro de 2017

14:54 - 'Que saiba morrer quem viver não soube', diz Gilmar sobre Janot

Segunda, 11 de setembro de 2017

17:06 - Justiça Federal suspende homologação do acordo de leniência da J&F

Quarta, 06 de setembro de 2017

17:00 - Cármen Lúcia diz que espera feriado sem novidades maiores no país

Sexta, 01 de setembro de 2017

08:23 - Ministros do STF discutem alternativa para impedimento de Gilmar não ir ao plenário

Quinta, 31 de agosto de 2017

15:54 - Fachin nega liminar em ação de juízes para garantir aumento de salário

Quarta, 30 de agosto de 2017

08:54 - Supremo gastou R$ 708,5 mil em passagens aéreas para ministros e auxiliares


// leia também

Quarta, 20 de setembro de 2017

19:54 - Câmara aprova MP que altera regras do Fundo Penitenciário Nacional

19:18 - Raquel Dodge defende envio da denúncia contra Temer à Câmara

18:40 - Temer diz a investidores que Brasil é um destino seguro para negócios

17:04 - Moraes acompanha voto de Fachin contra suspensão de denúncia de Temer

16:52 - PMDB possivelmente terá candidato nas eleições de 2018, diz Temer

13:15 - Joesley contratou empresa de delegado que atuou no caso Marcela Temer

13:03 - Relator da CPMI da JBS admite convocar delatados, mas descarta ouvir Temer

12:52 - Entrega dos novos áudios de delatores foi uma 'casca de banana'

12:37 - Comando do Exército diz que não vai punir general que pregou intervenção militar

12:25 - Randolfe Rodrigues pede ao Supremo que suspenda CPMI da JBS