WhatsApp Twuitter

Quarta, 06 de setembro de 2017, 16h47

10 anos depois

Empresas de transporte coletivo terão que devolver tarifas cobradas a mais

Celly Silva, repórter do GD


As empresas Expresso Nova Cuiabá Ltda., Auto Viação Princesa do Sol Ltda., Expresso Norte Sul Transportes Urbanos Ltda. e AGE Transportes Ltda. foram condenadas a devolver aos usuários do serviço de transporte coletivo de Cuiabá os valores pagos a mais nas tarifas cobradas entre as datas 23 a 26 de janeiro de 2007 e 5 a 9 de fevereiro de 2007, quando vigorou o Decreto 4.512/2007, que reajustou a tarifa em 0,20 centavos, aumentando a passagem de R$ 1,85 para R$ 2,05.

Os ressarcimentos deverão ser acrescidos de juros moratórios de 1% ao mês a partir da citação e correção com base no INPC/IBGE desde as datas das respectivas cobranças. A Prefeitura de Cuiabá também foi condenada subsidiariamente. 

Marcos Vergueiro

Conforme a decisão da juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular, proferida na última segunda-feira (4), caso não seja possível devolver os valores diretamente aos usuários que foram afetados naquela época, o montante apurado em relação à cobrança ilegal terá que ser destinado ao Fundo Nacional de Defesa dos Direitos Difusos e Coletivos. Por ser de primeira instância, cabe recurso da sentença.

Ação começou a tramitar há 10 anos atrás, na 5ª Vara da Fazenda Pública.
Conforme o Ministério Público Estadual (MPE), autor da ação, o aumento no preço da tarifa do transporte coletivo transgredia a Constituição federal por constituir enriquecimento sem causa.

O MPE também argumentou que a data em que o Conselho Municipal de Transporte deliberou sobre o reajuste foi escolhida de forma premeditada, no final do ano, período em que havia menor poder de reação da sociedade e desmobilização dos órgãos fiscalizadores. Isso com o objetivo de minimizar as reações contrárias ao aumento, facilitando a tomada de decisão, o que apontou como imoral.



// matérias relacionadas

Segunda, 11 de setembro de 2017

13:07 - Semob cria corredor para pedestre durante obras do terminal de ônibus

Sábado, 02 de setembro de 2017

07:00 - Lei transforma todos os assentos do transporte em preferenciais

Quinta, 31 de agosto de 2017

06:00 - Transporte público é um problema para 12% dos cidadãos

Segunda, 28 de agosto de 2017

11:08 - Remoção de catracas garante fluidez e segurança no terminal do CPA III

Quarta, 23 de agosto de 2017

20:25 - Vereadores querem terminal com catracas

Domingo, 20 de agosto de 2017

12:19 - Terminal do CPA 3 passa a funcionar sem catraca a partir de 28 de agosto

Segunda, 07 de agosto de 2017

20:23 - Passageiros flagram prefeito dentro de busão

Quarta, 02 de agosto de 2017

17:15 - Prefeitura inaugura 4ª linha expressa do transporte coletivo nesta quinta

Terça, 04 de julho de 2017

12:58 - 'Motorista querida' ganha bolo de passageiros

10:26 - MPE aciona Justiça para barrar aumento do transporte intermunicipal


// leia também

Quarta, 20 de setembro de 2017

19:36 - OAB-MT propõe criação de varas especiais para idosos

14:11 - Arcanjo chega à Justiça sob escolta de policiais federais - Veja fotos e vídeo

11:31 - Riva desiste de habeas corpus e reforça tese de que fez delação premiada

09:35 - João Arcanjo deixa PCE para depor contra Eliene na Justiça Federal

08:30 - MP pede bloqueio de bens de 3 deputados para ressarcimento de R$ 9,5 milhões

Terça, 19 de setembro de 2017

19:41 - MP pede que juíza anule delação de advogado que 'blindou' deputado

16:15 - Antônio Joaquim recorre ao STF contra afastamento do cargo

12:23 - Ministro diz que deputado Gilmar Fabris fugiu da PF usando pijama; defesa quer liberdade

10:47 - João Emanuel é condenado a 13 anos e 4 meses de prisão por lavagem de dinheiro

09:28 - Silval Barbosa temia ser assassinado na cadeia