WhatsApp Twuitter

Quarta, 16 de agosto de 2017, 11h25

novela sem fim

Governo atrasa entrega da PEC do teto de gastos novamente

Celly Silva, repórter do GD


Ao contrário do que havia sinalizado o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), o Poder Executivo não encaminhou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos na terça-feira (15), segundo confirmou o presidente da AL Eduardo Botelho (PSB), na manhã desta quarta-feira (16).

Leia também - Proposta do teto de gastos deve chegar na AL nesta terça

“Não encaminhou oficialmente, mas extraoficial ele passou uma cópia da minuta que eles querem encaminhar. Eu fiz uma sugestão para o governo de algumas alterações e estamos aguardando. Se houver essas alterações, que ele possa mandar”, disse, sem explicar que alterações são essas que ele sugeriu.

Marcus Vaillant/A Gazeta

Deputado Eduardo Botelho

“Eu prefiro não colocar ainda porque pode ser que ele [governador Pedro Taques] não concorde em fazer essas mudanças, então, é melhor a gente não polemizar em cima disso”, se esquivou.

Com o novo atraso, a expectativa agora é que o projeto chegue à Casa de Leis na próxima semana, segundo Botelho. “Provavelmente, até semana que vem, a gente deve encaminhar oficialmente”.

Leia também - Governo atrasa entrega da PEC do teto de gastos

Conforme o presidente do Legislativo estadual, com a PEC em mãos, o ponto de maior discussão entre os parlamentares deverá ser a redução de aproximadamente R$ 100 milhões nos orçamentos de todos os poderes com o congelamento dos gastos públicos nos próximos anos. De acordo com Botelho, os deputados concordam com o congelamento, desde que seja feita a correção monetária de um ano para o outro.

Leia também - Eduardo Botelho diz que governo de Mato Grosso é incompetente

Aos jornalistas, Eduardo Botelho admitiu que suas recentes declarações criticando a demora do governo para encaminhar a mensagem da PEC gerou desconforto com o governador Pedro Taques, mas amenizou o caso. “Causou, lógico, mexeu um pouquinho com as coisas. Depois começou a andar mais rápido, mas é assim mesmo, nós somos companheiros e estamos lá para isso. De vez em quando, é preciso dar uma cutucada no fogão, se o fogo está baixo, empurra a lenha que as coisas melhoram”, comparou.  



// matérias relacionadas

Segunda, 09 de outubro de 2017

08:00 - Romoaldo entrega relatório de PEC nesta segunda-feira

Domingo, 01 de outubro de 2017

08:45 - Secretário afirma que poderes devem ter compreensão quanto ao teto de gastos

Sexta, 29 de setembro de 2017

09:27 - Emenda de Maluf que garante 'extra' aos Poderes será derrubada

Segunda, 25 de setembro de 2017

09:10 - Guilherme Maluf propõe emenda que garante 'extra' aos Poderes

Domingo, 17 de setembro de 2017

14:00 - PEC do Teto corta suplementação de milhões de reais ao poderes

Quarta, 13 de setembro de 2017

12:11 - Déficit da previdência que pode chegar a R$ 3 bi preocupa Estado

09:06 - Deputados votam PEC do Teto de gastos até 18 de outubro

08:25 - Servidores terão salários pagos dentro do mês apenas em 2019

Terça, 12 de setembro de 2017

08:25 - 'Paralisia' de deputados preocupa e pode atrasar aprovação de PEC

Terça, 15 de agosto de 2017

09:22 - Proposta do teto de gastos deve chegar na AL nesta terça


// leia também

Terça, 21 de novembro de 2017

18:04 - Membros da CPI do Paletó se reúnem para definir agenda de trabalho

17:42 - PF apreende armas, munições e pasta 'bomba' com conselheiro do TCE

16:55 - Fabris diz que cobrava de Silval pagamento de mansão em Jurerê Internacional

16:52 - Max e Wilson deixam cargos no governo e reassumem mandatos na AL

11:28 - Notícia de multa de R$ 150 para quem não atualizar dados é falsa, alerta TRE

10:36 - Taques não acredita em candidatura de Mauro Mendes ao governo

10:01 - Governador fala em pagar restante dos servidores ainda nesta terça-feira

Segunda, 20 de novembro de 2017

21:24 - Maggi diz que está pronto para ficar ou sair do cargo de ministro

10:15 - Prefeita Luciane Bezerra afirma que não está preocupada com CPI em Juara

Domingo, 19 de novembro de 2017

22:38 - Com 6.344 votos, Euclides e Fransuelo são eleitos prefeito e vice de Mirassol