WhatsApp Twuitter

Sábado, 09 de setembro de 2017, 08h00

vaga de senador

Blairo Maggi não abre mão de disputar reeleição

Gláucio Nogueira, repórter de A Gazeta


João Vieira

Blairo chama de especulações as informações de que ele teria desistido de seu projeto político

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), afirmou que não abre mão da possibilidade de disputar a reeleição ao Senado no ano que vem. O pepista classificou como “especulação” informações que dão conta que ele teria desistido de manter seu projeto político, permanecendo no comando do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) até dezembro de 2018, quando voltaria às suas atividades empresariais.

A hipótese de desistir de disputar a reeleição foi levantada depois da divulgação de uma reportagem em que Blairo teria se decidido a permanecer no governo do presidente Michel Temer (PMDB) até o término da gestão, abrindo mão assim de tentar um novo mandato no Senado. Conforme o ministro, a declaração foi retirada do contexto. “Não disse que não seria candidato. Sobre este assunto tenho até abril para resolver e isso será feito no momento oportuno. Até lá, não abro mão da vaga de senador”.

O contexto da declaração, nas palavras de Blairo, foi uma conversa que ele e Temer tiveram durante viagem à China. Na ocasião, o peemedebista disse ao ministro que se ele quisesse, poderia ficar na gestão até dezembro do ano que vem, em virtude do bom trabalho desenvolvido à frente do Mapa. “Devido ao trabalho que vem sendo feito e os resultados colhidos pelo Mapa, chegamos a avaliar até a possibilidade de continuar à frente do Ministério até dezembro de 2018 para fazer tudo que precisa ser feito. Continuo pré-candidato ao Senado. O resto é especulação”, destacou Maggi.

O senador tem sido alvo de diversos rumores, um deles dando conta de que deixaria o Mapa, em uma reforma a ser realizada por Temer para contemplar sua base aliada, sobretudo o chamado “centrão”. A possiblidade foi descartada pelo próprio presidente nacional do PP, o senador Ciro Nogueira, do Piauí, que teria dito que a sigla se sente contemplada na gestão de Temer e bem representada na figura de Blairo.

Ultrapassado este assunto, especulações acerca do futuro político de Maggi começaram a ser lançadas como a da possibilidade do ministro não tentar a reeleição, principalmente após a revelação do conteúdo da delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), que sucedeu o pepista no comando do Estado. Sobre os fatos elencados por Silval, Blairo lamentou ter sido “vítima de ataques” por parte do peemedebista e ressaltou estar com a consciência tranquila de que não cometeu nenhum ato ilícito. 



// matérias relacionadas

Domingo, 17 de junho de 2018

10:45 - MP recomenda que empresas informem contratação de painéis publicitários

09:05 - Plataformas online monitoram atividade de políticos

Sábado, 16 de junho de 2018

11:17 - Ex-reitora da UFMT admite dificuldade na disputa ao Senado

Sexta, 15 de junho de 2018

17:29 - Aécio decidirá 'no tempo oportuno' se é candidato ou não, diz Anastasia

13:55 - 'Datena tem espírito público, gosto do jeitão dele', diz Alckmin

Sábado, 09 de junho de 2018

09:06 - Maia já articula reeleição à presidência da Câmara

08:55 - Magno Malta diz a Bolsonaro que não será vice

Quinta, 07 de junho de 2018

14:07 - Quando atingir 2 dígitos, ele liga para mim, diz Bolsonaro sobre Alckmin

09:55 - Selma Arruda pode disputar Senado em 'chapa branca', diz Galli

Quarta, 06 de junho de 2018

16:30 - Flávio Rocha lança movimento na Câmara e defende 'privatização radical'


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

18:12 - Auditor de carreira assume a Controladoria Geral do Estado

16:20 - Taques diz que vai cancelar escolta de Selma, mas nega ilegalidade

15:43 - CPI da Saúde terá vereadores da base do prefeito como relator e membro

13:30 - Selma Arruda ganha escolta de empresa de segurança privada

07:22 - Leitão corre atrás de assinaturas para diminuir deputados e senadores

07:15 - Emanuel quer base unida para eleição da Mesa Diretora na Câmara

Domingo, 17 de junho de 2018

08:58 - Pré-candidata Margareth Buzetti não se apega a cargo e quer destravar economia - vídeo

Sábado, 16 de junho de 2018

15:15 - Gustavo de Oliveira descumpre estatuto da FIEMT e pode sofrer impugnação

10:51 - Vereador propõe que cargo de chefia só pode ser exercido por servidor efetivo

08:00 - Emanuel avalia que pré-candidatura de Mauro Mendes não muda cenário