WhatsApp Twuitter

Segunda, 11 de setembro de 2017, 09h47

DELAÇÃO SILVAL

Zeca se diz insatisfeito com política

Janaiara Soares, repórter do GD


O deputado estadual Zeca Viana (PDT) disse estar desiludido com o seu futuro na política tendo em vista os últimos acontecimentos. De acordo com ele, após a delação premiada do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) a classe política foi manchada já que mais da metade dos parlamentares da Assembleia Legislativa foram citados em esquemas da última gestão.

"Estou muito preocupado com meu futuro político, se continuo ou não, porque há um lado podre da política e estamos em desânimo de ver tanta coisa errada”, disse em entrevista á Rádio Capital na manhã desta segunda-feira (11).

O parlamentar afirma ainda que acredita no afastamento do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB). Além disso, ele explica que na época em que atuava como aposição junto a ex-deputada e atual prefeita de Juara, Luciane Bezerra (PSB), já percebia que ela pendia para o lado de apoio ao Silval.

“A gente se engana com as pessoas, em minha opinião e com todo carinho e amizade que tenho pelo Emanuel eu acredito que ele será afastado. A justiça vai fazer isso porque o vídeo é inquestionável. Só falta dizer que aquilo não era dinheiro”.

“A Luciane me surpreendeu pelo vídeo. Nós começamos muito bem o trabalho como oposição, mas depois eu mesmo observei que ela foi ficando assim mais light com o Governo. Tinha certos assuntos que ela estava comigo, mas alguns não demostrava interesse e talvez com o tempo ela foi se envolvendo nessas falcatruas todas ai. O que é muito lamentável pela pessoa que ela é”, ressaltou Zeca.

O pedetista que foi aliado do governador Pedro Taques (PSDB) nas eleições de 2014, disse que não sabe de nenhuma negociação do tucano com Silval. “Jamais fiquei sabendo de qualquer envolvimento dele com o Silval, não acredito que ele tenha feito algum acordo. Mas do jeito que ele mudou depois que virou governador eu não coloco minha mão no fogo por ele não”, disse o parlamentar.



// matérias relacionadas

Terça, 21 de novembro de 2017

17:42 - PF apreende armas, munições e pasta 'bomba' com conselheiro do TCE

16:55 - Fabris diz que cobrava de Silval pagamento de mansão em Jurerê Internacional

Sexta, 17 de novembro de 2017

17:54 - Ong pede a PGR quer anule concessão de MT

Quinta, 16 de novembro de 2017

08:00 - Deputado 'doa' R$ 300 mil para a ex-mulher que é conduzida pela PF

Sábado, 11 de novembro de 2017

18:32 - Joaquim critica decisão de Dodge em manter afastamento de conselheiros

Sexta, 10 de novembro de 2017

20:18 - PGR precisa se manifestar em recurso de conselheiro

Quarta, 08 de novembro de 2017

18:24 - Assembleia tem competência para revogar prisão de deputado, diz relator

Terça, 07 de novembro de 2017

15:40 - Após aparecer nos vídeos de Silval, ex-deputado terá aposentadoria de R$ 30 mil

Segunda, 06 de novembro de 2017

19:41 - CPI assombra prefeito e vereador sofre pressão

11:38 - TRF-1 decide situação de Gilmar Fabris na quarta


// leia também

Quinta, 23 de novembro de 2017

13:25 - Ex-chefe da Casa Civil, José Adolpho assume comando do Desenvolve MT

12:00 - Programa de proteção às vítimas, testemunhas e colaboradores é proposto por petista

Quarta, 22 de novembro de 2017

18:10 - Estado invalida progressão de Pedro Henry após notificação do MP

16:55 - CPI do Paletó não dará em nada e vereadores passarão vergonha, diz Renivaldo

16:03 - Senado deve votar a liberação de recursos do FEX para MT

12:20 - Com 18 votos, deputados aprovam PEC do Teto para congelar gastos e salários

10:57 - 'Iremos aonde o Oscar for', diz Luciane Bezerra sobre saída do PSB

Terça, 21 de novembro de 2017

18:04 - Membros da CPI do Paletó se reúnem para definir agenda de trabalho

16:52 - Max e Wilson deixam cargos no governo e reassumem mandatos na AL

11:28 - Notícia de multa de R$ 150 para quem não atualizar dados é falsa, alerta TRE