WhatsApp Twuitter

Sexta, 14 de setembro de 2018, 10h51

Acordão de Mauro Mendes e PMDB de Bezerra não sairá barato para MT, diz Wilson Santos

Da assessoria


O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) voltou a criticar a aliança do ex-prefeito de Cuiabá e candidato ao Governo de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), com o PMDB e o que chamou de “velha política do Estado”. Para Wilson Santos, o partido liderado pelo deputado federal Carlos Bezerra (MDB) vai “cobrar a fatura” de Mendes, caso eleito. A avaliação foi feita durante entrevista ao programa Comando Geral da TV Cuiabá, nesta quinta-feira (13).

Rodinei Crescêncio

Wilson Santos lembrou que o PMDB comandava o Governo de Mato Grosso com o ex-governador Silval Barbosa, que confessou em delação premiada ter roubado cerca de R$ 1 bilhão do Estado. Para o deputado, o partido que tem Bezerra como presidente estadual, vai querer fazer parte do governo.

“Não tenha dúvida de que este acordo não sairá barato para Mato Grosso. O cidadão está percebendo que é complicado governar com esse acordão”, disse o deputado.

Wilson Santos também comentou sobre as pesquisas eleitorais e lembrou da eleição de 2004, quando foi candidato a prefeito de Cuiabá contra Alexandre Cesar (PT). Ele estava atrás nas pesquisas, mas faltando poucos dias para a eleição, virou o jogo e ganhou a disputa.

“No segundo turno, com dois candidatos três semanas tête-à-tête, cara a cara, o eleitor tem chance de aferir melhor quem tem condições de fazer um governo mais limpo, mais honesto. Acredito que o Pedro [Taques] tem serviço prestado e, por isso, vai sair vitorioso”, disse Wilson.



// matérias relacionadas

Domingo, 16 de setembro de 2018

08:33 - Wellington Fagundes deve R$ 1,2 milhão por campanha

Sábado, 15 de setembro de 2018

18:30 - Wellington Fagundes angaria mais apoios no Araguaia

16:20 - Jayme, Mauro e Fávaro assumem compromisso de resgatar perdas de Lei Kandir

15:45 - Carlos Fávaro afirma que cadeia produtiva deve ser priorizada

15:30 - MT tem muita potencialidade, mas está adormecido por incompetência, avalia Mauro

15:00 - Cuiabania ouve propostas do governador Pedro Taques

14:30 - Valtenir percorre 16 municípios do Araguaia a partir deste sábado

13:44 - Janaina Riva passa mal e suspende agenda em Juara

08:26 - Waldir Caldas quer mudança na forma de financiamento da educação

08:00 - Mendes promete recuperar nome da PM após escândalo dos grampos ilegais


// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

09:56 - Pesquisas não influenciam na hora do voto, garantem eleitores

08:28 - Empresa alvo da Operação Catarata terá de oferecer pós-operatório

08:22 - Após um ano, só uma ação de Operação Malebolge foi proposta

Sexta, 14 de setembro de 2018

19:54 - TRE ignora impugnação de adversários e defere candidatura de Pedro Taques

18:55 - Taques intensifica campanha no Araguaia neste final de semana

17:53 - Wellington Fagundes defende a Universidade Federal do Araguaia

17:15 - TRE manda Youtube excluir vídeo que denigre imagem de Carlos Bezerra

15:39 - Fávaro chama Leitão de oportunista e afirma unidade no grupo

15:16 - MPE defende que Selma Arruda tenha apenas 7 segundos de propaganda na TV

13:05 - Conclusão do novo Pronto-Socorro é prioridade de Temer, afirma Carlos Marun