WhatsApp Twuitter

Sábado, 02 de setembro de 2017, 00h05

Meu bicho e eu

Seu pet é feliz? 8 dicas para saber se cão e gato caíram em depressão


#1 Pastor alemão

Seu cachorro está feliz?

Assim como os seres humanos, os cães também podem enfrentar quadros de depressão. Existem diversos fatores que acabam motivando a doença, como, por exemplo, deixar o animal muito tempo sozinho e, até mesmo, mudanças bruscas e repentinas na rotina do pet.

Além disso, de acordo com Fernando Lopes, especialista em comportamento animal e adestrador do Red Dog Walker, algumas raças de cães são propensas a quadros depressivos, como Pastores (1), Border Collie (2), Whipet (3), Labradores (4) e Terriers (5).

@Avalie 4 situações

1 - Observe a postura corporal do animal

Um cão feliz está sempre com o rabo para cima - e sim, abana-lo é sinal de que o pet está contente. Animais que apresentam essa postura corporal com frequência e que procuram sempre algum tipo de interação com o tutor, dificilmente serão diagnosticados com depressão, afirma Fernando. Já atitudes como lamber as patas dianteiras ou, em casos mais extremos, chegar a morde-las causando ferimentos são sinais de alerta. De acordo com o especialista, frequentes crises de agressividade sem motivo aparente também merecem uma atenção especial dos tutores.

2 - Quais são os sintomas de depressão nos pets?

Os principais sintomas de depressão estão ligados ao comportamento do pet. O cão que está infeliz irá demonstrar isso através da mudança de temperamento, ou do desenvolvimento de hábitos que não são comuns à personalidade do animal, como, por exemplo, comer compulsivamente e de forma rápida qualquer alimento que lhe for oferecido, ficar - de repente - sem regras para fazer xixi e coco nos lugares corretos, além de apresentar muita atividade noturna, trocando o dia pela noite.

3 - A depressão pode ser prevenida?

A melhor forma de prevenção é proporcionar qualidade de vida ao animal. Passeando com ele pelo menos duas horas por dia - que devem preferencialmente ser divididas em dois passeios -, oferecer uma alimentação de qualidade e com horários regrados, além de levá-lo a parques ou outros locais nos quais ele poderá socializar com outros cães.

4 - Qual é o tratamento adequado?

Para Fernando Lopes, o melhor remédio para tratar a depressão em cães é combinar uma série de atividades que o estimule. Visitar lugares novos para que o cachorro possa sentir odores diferentes, fazer com que ele pratique atividades físicas por meio de brincadeiras e também treiná-lo com comandos de adestração básicos, para que ele exercite a mente.

Participe do #MeuBichoeEu #GazetaDigital Mande sua foto no whats (65) 9.9987-2065

Mão amiga - Através do aplicativo Pet Booking (www.petbooking.com.br) você pode encontrar profissionais, clínicas e todos os tipos de serviço para pets mais próximos da região, onde você mora.

#2 Border Collie

#5 Terrier

#4 Labrador

#3 Whipet
  

Felinos também ficam tristes

Os gatos, assim como os cachorros, podem sofrer de depressão. Ela pode ser causada por vários fatores — desde uma mudança recente para uma casa nova até a perda de uma companhia querida.

Detectar a doença é um pouco difícil, uma vez que as mudanças de comportamento podem ser sutis. No entanto, com uma monitoração cuidadosa, é possível perceber alguns sinais de que o gato está depressivo e reagir de acordo.

@Observe 4 sinais

1 - Monitore os hábitos de sono do animal

Gatos são muito dorminhocos e podem passar até 16 horas do dia dormindo. Se ele passou a dormir mais do que o de costume, isso pode ser um sinal de depressão. 
Uma vez que gatos dormem bastante, pode ser difícil determinar quando eles dormem em exagero, mas o convívio com o animal dá ao dono uma ideia de quando ele costuma dormir e de quando costuma estar acordado. Use isso como referência para entender se o gato tem dormido mais do que o normal.

2 - Perceba se houve aumento da vocalização

Gatos sibilam, ronronam, miamà Aumentos perceptíveis na produção desses sons podem estar relacionados à depressão. Gatos deprimidos podem gritar, uivar ou sibilar em resposta a situações ordinárias (ou sem razão nenhuma). Essa é a forma que eles encontram de dizer que algo está errado

3 - Observe o apetite

A tristeza pode levar gatos a comer mais ou menos que o usual. Procure observar quanto o seu tem comido. A perda de apetite é um sintoma frequente na depressão humana e felina. O desinteresse por comida, o fato de o gato não tocar na ração da tigela ou a perda de peso são alguns sinais de falta de apetite.

4 - Cheque a pelagem

Quando deprimidos, gatos param de lamber a pelagem ou o fazem em excesso, o que gera mudanças visíveis. Pelo opaco e sem vida pode ser um sinal de que o gato não tem cuidado dele apropriadamente. Muitas vezes, a falta de cuidados do animal com o pelo é notável: se você percebeu que seu gato perdeu o hábito de se lamber todos os dias após o jantar, por exemplo, ele pode estar com depressão. 

#Atenção - Em caso de sintomas persistentes, procure um médico veterinário

Texto - Agência no Ar e Osgatos.com.br
Fotos - www.linkanimal.com.br; olharanimal.com.br; canaldopet.ig.com.br; animais.umcomo.com.br e vida.pet

Página semanal, com atualização aos sábados

  

 



// matérias relacionadas

Sábado, 18 de novembro de 2017

00:05 - Confira mais de 1.000 opções de nomes para batizar seu novo amiguinho(a)

Sábado, 11 de novembro de 2017

00:05 - 14 gatos que sabem variadas e loucas formas de chamar atenção dos donos

Sábado, 04 de novembro de 2017

00:05 - 10 dicas para que você tenha uma viagem feliz com seu animalzinho

Sábado, 28 de outubro de 2017

00:05 - 20 ideias de fantasias para brincar no Dia das Bruxas com seus bichinhos

Sábado, 21 de outubro de 2017

00:05 - Você está preparado para ver uma das cenas mais graciosas da sua vida?

Sábado, 14 de outubro de 2017

00:05 - Confira 10 lindas ideias de tattoo para eternizar seu amor pelo seu pet

Sábado, 07 de outubro de 2017

00:05 - Vacina antirrábica - saiba como ela pode prevenir a raiva e onde vacinar

Sábado, 30 de setembro de 2017

00:05 - Dia das Crianças - saiba o que fazer antes de escolher um pet de presente

Sábado, 23 de setembro de 2017

00:05 - Cachorrinho que conhece mais de 20 países ganha apelido na internet

Sábado, 16 de setembro de 2017

00:05 - Confira fotos emocionantes do 'antes e depois' de cachorros na terceira idade


// leia também

Sábado, 09 de setembro de 2017

00:05 - Faça você mesmo 5 brinquedos fáceis e divertidos para alegrar seu bichano

Sábado, 26 de agosto de 2017

00:05 - Prepara a pipoca para assistir 7 filmes juntinho do seu pet em sessão animal

Sábado, 19 de agosto de 2017

00:05 - Veja quais são as 8 raças de gatos que se destacam como mais belas e raras

Sábado, 12 de agosto de 2017

00:05 - Confira os 5 pais mais incríveis que você pode encontrar no Reino Animal

Sábado, 05 de agosto de 2017

00:05 - Conheça as 10 raças de cachorros que só pensam em roer, cavar e bagunçar

Sábado, 29 de julho de 2017

00:05 - Está pensando em presentear seu filho com um bichinho? Veja aqui as opções

Sábado, 22 de julho de 2017

00:05 - Pets da raça Shih Tzu se destacam em cliques estilosos e esbanjando charme

Sábado, 15 de julho de 2017

00:05 - Pets se vestem à moda roqueiro para mostrar que o rock é também animal!

Sábado, 08 de julho de 2017

00:05 - Pets mandam bem como terapeutas e ajudam no tratamento de doenças

Sábado, 01 de julho de 2017

00:05 - Em clima de operações policiais, juíza deixa pistas usando memes na internet