WhatsApp Twuitter

Terça, 12 de setembro de 2017, 00h00

Deputados Mirins

Renato de Paiva Pereira


Revi hoje na testeira de um prédio na Avenida do CPA a divulgação do programa da Assembleia Legislativa que se dispõe e repassar os conhecimentos dos nobres deputados para jovens interessados na vida pública.

Emocionou-me tal desprendimento dos ilustres parlamentares em gastar tempo e paciência com as crianças, compartilhando experiências que acumularam durante seus mandatos.

Soube depois, consultando o site da Assembleia, que já foi empossada a primeira turma de aprendizes. Eles estão vivendo este momento brilhante da política mato-grossense, quando vários de seus professores foram pegos enfiando nos bolsos, bolsas e caixas dinheiro roubado do povo.

Com o repasse da experiência de nossa assembleia, que segundo as delações monstruosas, desde sempre conviveu com essas ilegalidades, os alunos poderão ser muito mais "perfeitos" do que os atuais parlamentares, quando exercerem seus mandatos.

Já estão aprendendo a usar paletó e gravata, chamar todos de excelência e decorar os chavões que "enfeitam" os discursos. O aprendizado vai além: com o exemplo dos ilustres professores, por certo conseguirão evitar, no futuro, quando se tornarem deputados, serem apanhados em atos normais para eles, mas que o povo, que não sabe nada de política, considera ilegais.

Com muito mais segurança poderão receber os mensalinhos e propinas para votar matérias de interesse próprio e prejudiciais ao estado, sem serem pegos nas "armadilhas" dos invejosos que não suportam o sucesso alheio.

Há, entretanto, espaço para melhorar este programa incorporando professores da Câmara dos Horrores, recorrentemente presente nas páginas policias e alguns conselheiros do Tribunal de Contas. É possível ainda enriquecer o quadro de mestres convidando deputados federais, membros do TCU, o atual prefeito de Cuiabá e o ex-governador que jogou pó-de-mico no ventilador.

Além, claro, de palestrantes do Rio de Janeiro, que está tendo a pretensão de disputar com Mato Grosso o primeiro lugar nas sacanagens com o dinheiro do povo. Como o Sergio Cabral não poderá vir seria bom conseguir pelo menos um vídeo dele para ser apresentado aqui. Os deputados mirins aprenderiam muito com ele.

Aí sim nossas crianças se tornariam parlamentares imbatíveis e poderiam exportar expertise para outros estados. Não que esses outros não tenham afinidade com a matéria, mas podemos inovar preparando antecipadamente as crianças para a vida pública de interesse privado.

Obs. Eventuais deputados, vereadores, membros do TCE,TCU e do Executivo que não tiverem notória experiência na matéria não devem ser convidados para palestras.

Renato de Paiva Pereira empresário e escritor.

Contato: rento@hotelgranodara.com.br



// leia também

Sábado, 23 de setembro de 2017

00:00 - Ausência de poder

00:00 - Setembro chegou sem FEX

00:00 - Investimento sustentável

00:00 - Zero elevado a nada

00:00 - Nossos rios pedem socorro

Sexta, 22 de setembro de 2017

00:00 - O ICMS e o Simples Nacional

00:00 - Temer está fora de órbita

00:00 - Acúmulo de funções

00:00 - O local dos espíritos

00:00 - O homem e o clima