WhatsApp Twuitter

Quarta, 13 de setembro de 2017, 11h40

Cuiabá abre 3º Encontro Nacional de Violeiros nesta sexta-feira

Luiz Fernando Vieira, repórter de A Gazeta


O Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá, que chega à terceira edição neste fim de semana, tem se notabilizado como um mergulho na história da música caipira ou, como muita gente prefere chamar, do sertanejo raiz.

Para a formatação desta nova reunião de talentos, a curadoria, assinada pelo músico Divaney Lopes Aguilera, da dupla Zé Antônio & Divaney, traz um pouco de cada, como uma forma de mostrar as variações dentro desse universo e reverenciar os pioneiros que cimentaram esse caminho.

Isso será possível graças à participação especial de veteranos como As Galvão, Divino & Donizete, Mococa & Paraíso, Belmonte & Amaraí, Léo Canhoto & Robertinho, Goiano & Paranaense, além, dos talentosos Juarez & Francis e Di Brandão & Júnior Moreno. E a programação traz ainda o belo trabalho da Orquestra Viola Divina e os habilidosos grupos de catira Os Guarás, Os Considerados e As Catireiras do Araguaia.

Arquivo

Juntas desde 1947, As Galvão são um bom exemplo de herdeiras do que se pode chamar de primeira geração da música caipira

As Galvão, dupla formada em 1947, são um bom exemplo de herdeiras do que se pode chamar de primeira geração da música caipira. Pouco mais de 20 anos antes delas iniciarem sua vitoriosa e longínqua carreira, os modernistas Mário de Andrade e Oswald de Andrade, em plena Semana de Arte Moderna de 1922, ousaram cunhar o termo “música sertaneja” para se referir ao que se dizia ser música caipira.

A crescente popularidade nos grandes centros urbanos se mostrava algo inevitável, em grande parte aos esforços de um personagem que se tornou ícone dentro da história do sertanejo: Cornélio Pires. Como primeiro produtor independente, ele promoveu turnês com vários artistas, disseminando a música “caipira”, então chamada de “sertaneja”, especialmente pelas regiões Sudeste e Centro-Oeste.

Divaney Aguilera, o curador do 3º Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá, procurou mostrar as nuances e a variação que o gênero experimentou desde seus primórdios. Bem, dentro do possível, lembra ele, pois muitos pioneiros já não estão mais entre nós. “A seleção de artistas foi feita de acordo com aquilo que achamos que representa essa história. Este ano ela está não só na música caipira, mas naquela música sertaneja antiga. A gente deu uma mesclada. Até porque, os nossos violeiros antigos infelizmente estão todos partindo. Vai ter violas e o sertanejo antigo”, garante.

Além das já citadas irmãs Galvão, ajudam a descrever essa trajetória ícones do gênero como Divino & Donizete, que há 43 anos lançaram o primeiro disco, sob influência dos pais. Os irmãos desenvolveram a vocação pela música ouvindo o pai, que era cantor e compositor de moda de viola. Junto com eles em praticamente todas as listas de maiores representantes do sertanejo raiz/música caipira estão outros participantes especiais, como Belmonte & Amaraí, Léo Canhoto & Robertinho, Mococa & Paraiso e Goiano & Paranaense. Todos com décadas de estrada.

A seleção mostra também que as novas gerações estão dispostas a manter vivo esse legado, com a participação de Juarez & Francis e Di Brandão & Junior Moreno. As duplas foram reveladas dentro do Encontro, nas duas edições anteriores e tiveram que mostrar muito talento, pois se destacaram entre muitos outros músicos que se dedicam às raízes.

João Vieira

A Orquestra Viola Divina reúne pessoas das mais variadas idades que compartilham a admiração pelo sertanejo de raiz

Nesta edição do Encontro serão três se alternando em apresentações nos dois dias de evento: Os Guarás, Os Considerados e As Catireiras do Araguaia.Vale ressaltar também o trabalho que grupos como a Orquestra Viola Divina, que reúne pessoas das mais variadas idades que comungam desse mesmo espírito. 

Serviço

O 3º Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá, uma realização do Grupo Gazeta de Comunicação, com apoio do Governo de Mato Grosso e Assembleia Legislativa de Mato Grosso, será realizado nos dias 15 e 16 de setembro, às 19h, no Ginásio Aecim Tocantins, com entrada franca.



// matérias relacionadas

Sexta, 15 de setembro de 2017

23:58 - Noite de abertura reúne amantes do som caipira de raiz

09:29 - Encontro nacional de violeiros começa hoje

Domingo, 27 de agosto de 2017

08:24 - Grupo Gazeta promove 3ª edição do Encontro Nacional de Violeiros

Domingo, 03 de abril de 2016

11:15 - 2º Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá premia os 3 melhores

Sexta, 01 de abril de 2016

09:15 - Violeiros prometem noites de emoção

Domingo, 09 de novembro de 2014

09:39 - Violeiros: Sertanejo de raiz arrasta quarteirão

Sábado, 08 de novembro de 2014

10:27 - Violeiros transformam Acrimat em verdadeiro bailão

Sexta, 07 de novembro de 2014

10:45 - Encontro Nacional de Violeiros começa hoje

Quinta, 06 de novembro de 2014

12:32 - Veja os classificados para o 1° Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá

Segunda, 20 de outubro de 2014

09:15 - Cuiabá recebe Encontro Nacional de Violeiros


// leia também

Domingo, 19 de novembro de 2017

10:53 - O limite do mercado da arte depois da marca de Leonardo de Da Vinci

Sábado, 18 de novembro de 2017

22:09 - Psicóloga investiga o que leva pessoas de 30 anos a buscarem mudanças de vida

Sexta, 17 de novembro de 2017

11:20 - Com sertanejo raiz, cuiabana Bruna Viola leva Grammy Latino

Quinta, 16 de novembro de 2017

23:00 - Ator de 'Stranger Things' revela que foi enganado por produtores da série

22:30 - Burguer King anuncia novo lanche com mais de 2 mil calorias

11:50 - Descubra os segredos mais bizarros sobre bebês

11:28 - Qual é o felino mais bravo: tigre ou leão?

11:13 - Policiais caem em pegadinha com coca

Quarta, 15 de novembro de 2017

18:09 - Dona de casa diz que diabetes foi controlada após cirurgia bariátrica

17:15 - Pânico faz mulheres adiarem gravidez