WhatsApp Twuitter

Quinta, 04 de maio de 2017, 11h30

Messi apela na Fifa contra suspensão de 4 jogos nas Eliminatórias da Copa


Lionel Messi irá apelar nesta quinta-feira junto à Fifa contra a suspensão de quatro partidas que recebeu nas Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2018. O jogador recebeu a dura punição da entidade máxima do futebol por ter insultado a um auxiliar da arbitragem durante o jogo no qual a Argentina venceu o Chile por 1 a 0, no último dia 23 de março, em Buenos Aires.

Após a Associação de Futebol Argentino (AFA) ter anunciado, no final de março, que entrou com recurso para reduzir a suspensão, o atacante irá apresentar seus argumentos para atenuar a pena por meio de uma videoconferência. Não é esperado, porém, um veredicto imediato para o caso.

O painel de apelações da Fifa geralmente anuncia uma decisão dentro de um período de algumas semanas seguintes a um recurso quando o caso não é considerado urgente. E, como a próxima partida da seleção argentina nas Eliminatórias será apenas em 31 de agosto, contra o Uruguai, fora de casa, a entidade que controla o futebol mundial tem tempo de sobra para analisar a situação do jogador e anunciar um veredicto.

Messi foi suspenso horas antes de a Argentina enfrentar a Bolívia, em La Paz, onde os donos da casa acabaram vencendo por 2 a 0, pela 14Ð rodada das Eliminatórias do Mundial da Rússia. Sem poderem contar com seu grande craque, os argentinos assim se complicaram no qualificatório sul-americano, no qual ocupam a quinta posição, que hoje obrigaria o time nacional a disputar uma repescagem contra uma seleção da Oceania por vaga na Copa.

O astro do Barcelona foi punido pela Fifa com o gancho de quatro partidas em jogos oficiais da seleção nacional devido a uma discussão com o assistente brasileiro de arbitragem Emerson Carvalho, ocorrida no final do confronto com o Chile, no dia 23 de março. Ironicamente, os argentinos venceram os chilenos por 1 a 0, justamente com gol de Messi, de pênalti, naquela ocasião.

Imagens de televisão flagraram o camisa 10 falando de forma agressiva com o integrante do trio de arbitragem brasileiro. O atleta agitou os braços e teria insultado o assistente. Entretanto, o incidente não havia sido relatado, inicialmente, na súmula da partida, pelo árbitro Sandro Meira Ricci.

O regulamento disciplinar da Fifa prevê uma sanção de ‘ao menos quatro jogos por conduta antidesportiva contra um árbitro de partida‘. E, em um caso semelhante ocorrido em outro confronto das Eliminatórias, em setembro do ano passado, a Fifa suspendeu por quatro duelos o meio-campista chileno Gary Medel por insulto verbal a um juiz. Uma destas partidas de suspensão, porém, foi colocada em suspenso (só será cumprida se o atleta voltar a cometer uma irregularidade deste tipo). Ou seja, a punição, na prática, foi reduzida para três jogos.

Caso não consiga reduzir a sua suspensão, Messi ficará fora da partida que a Argentina fará contra o Uruguai, em 31 de agosto, e também não atuará nos duelos contra Venezuela, em 5 de setembro, e Peru, em 5 de outubro, estes dois últimos em casa e considerados fundamentais na luta por uma vaga na Copa do Mundo. 



// matérias relacionadas

Terça, 21 de novembro de 2017

09:41 - Cartolas eram identificados por nomes de carro na lista de propina

Sexta, 17 de novembro de 2017

22:13 - Testemunha diz que Del Nero já mandava na CBF na gestão Marin

19:57 - Conheça os envolvidos no escândalo de corrupção que abalou o futebol

Sexta, 10 de novembro de 2017

23:00 - Hope Solo diz que foi vítima de abuso sexual de Blatter em festa da Fifa

Sexta, 27 de outubro de 2017

13:21 - Fifa aprova estrutura para permitir repasse de US$ 100 milhões para CBF

10:22 - Fifa avalia mudar Mundial de Clubes e acabar com a Copa das Confederações

Quarta, 13 de setembro de 2017

09:07 - Ex-dirigente revela abuso de poder por Infantino e abre nova crise na Fifa

Terça, 18 de julho de 2017

11:52 - Brasil é alertado sobre pedido de prisão de Ricardo Teixeira na Espanha

08:52 - Operação contra corrupção no futebol espanhol prende cúpula do futebol

Quinta, 13 de julho de 2017

11:26 - Delator em investigação do FBI sobre a Fifa, Chuck Blazer morre aos 72 anos


// leia também

Terça, 21 de novembro de 2017

18:44 - Besiktas empata com Porto e avança na Liga dos Campeões como líder do grupo

17:50 - Palmeiras quer Abel Braga como técnico e Valentim de auxiliar

15:15 - Torneios de Grand Slam poderão multar tenistas que abandonem na 1ª rodada

15:04 - Após reunião, Lucas Lima é afastado e não atua mais pelo Santos

09:26 - Grêmio nega ter espionado rivais com drone e Lanús elogia 'criatividade'

Segunda, 20 de novembro de 2017

10:27 - Dorival revela bastidor do 'sumiço de Cueva': 'Ninguém passou a mão na cabeça'

08:59 - Corinthians já coloca em marcha as suas mudanças para a temporada de 2018

Domingo, 19 de novembro de 2017

09:59 - Cavani revela que Neymar é cobrador oficial de pênaltis do PSG

09:31 - Até 1990, Flamengo era um exemplo de títulos para o Corinthians

Sábado, 18 de novembro de 2017

14:30 - Fechamento de cratera na BR-040, no Rio, deve ser concluído neste sábado