WhatsApp Twuitter

Quinta, 11 de maio de 2017, 11h46

Infantino defende sua gestão e critica notícias falsas sobre a Fifa


Gianni Infantino fez nesta quinta-feira uma estridente defesa de sua gestão à frente da Fifa e atacou as ‘notícias falsas‘ e ‘fatos alternativos‘ difundidos sobre a entidade, insistindo que recuperou sua reputação e é digna de confiança.

Em seu segundo congresso como presidente do organismo gestor do futebol mundial, Infantino utilizou expressões consideradas habituais do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para responder aos seus críticos em discurso em Manama.

Infantino assumiu a presidência da Fifa em fevereiro de 2016, depois de Joseph Blatter deixar a entidade sob pressão diante da eclosão de um escândalo de corrupção que provocou a queda e a prisão de vários dirigentes em investigações lideradas pela Justiça dos Estados Unidos.

‘Estamos reconstruindo a credibilidade da Fifa. A nova Fifa é uma democracia, não uma ditadura‘, disse Infantino. ‘A nova Fifa é uma organização transparente, não uma organização que joga com os fatos e as cifras. É uma organização profundamente honesta, não uma organização que tenta gastar dinheiro sem propósito‘.

O presidente acusou a imprensa de distorcer suas tentativas de reconstruir a organização, marcada por escândalos. ‘Tristemente, a verdade não é necessariamente o que é certo, mas o que as pessoas creem que é o certo‘, afirmou. ‘Circulam muitas notícias falsas e fatos alternativos sobre a Fifa. Criticar a Fifa se tornou um esporte nacional em muitos lugares‘, acrescentou.

Infantino não citou nenhum assunto específico, mas suas declarações foram realizadas na mesma semana em que o juiz de ética Hans-Joachim Eckert e o promotor da Fifa, Cornel Borbely, reclamaram da decisão de retirá-los dos seus cargos, afirmando que a saída de ambos atrasaria o combate a corrupção. ‘Não aceitaremos nenhuma lição sobre boa governança de nenhum desses indivíduos que falharam miseravelmente em proteger o futebol, proteger a Fifa e proteger o futebol da Fifa‘, disse.

A Fifa gastou dezenas de milhões de dólares em advogados para proteger sua posição de vítima nas investigações da Justiça, pedindo para ser ressarcida. Em seu discurso, Infantino se dirigiu diretamente aos dirigentes corruptos.

‘Se há alguém nesta sala ou fora desta sala que ainda pensa que pode se enriquecer, que pode abusar do futebol, tenho uma clara e forte mensagem para lhe dizer: ’Deixe o futebol e deixe o futebol agora. Nós não queremos você’‘, declarou, sendo aplaudido. ‘Um grande agradecimento de minha parte e da parte da Fifa para todas as autoridades que processam aqueles que estão envolvidos na corrupção no futebol‘, disse Infantino. ‘Obrigado‘. 



// matérias relacionadas

Quarta, 13 de setembro de 2017

09:07 - Ex-dirigente revela abuso de poder por Infantino e abre nova crise na Fifa

Terça, 18 de julho de 2017

11:52 - Brasil é alertado sobre pedido de prisão de Ricardo Teixeira na Espanha

08:52 - Operação contra corrupção no futebol espanhol prende cúpula do futebol

Quinta, 13 de julho de 2017

11:26 - Delator em investigação do FBI sobre a Fifa, Chuck Blazer morre aos 72 anos

Segunda, 19 de junho de 2017

15:26 - Órgão da Fifa propõe jogo de futebol com 60 minutos

Terça, 23 de maio de 2017

11:16 - Autoridades espanholas dizem que pedido de prisão a Ricardo Teixeira é provável

Sexta, 05 de maio de 2017

11:45 - Fifa aceita recurso e anula suspensão de Messi da seleção argentina

Quinta, 04 de maio de 2017

11:30 - Messi apela na Fifa contra suspensão de 4 jogos nas Eliminatórias da Copa

Quarta, 03 de maio de 2017

10:54 - Fifa sugere mudar rotação da sede da Copa e abre portas para China em 2030

Sábado, 29 de abril de 2017

10:13 - Presidente da Fifa, Gianni Infantino é alvo de investigação


// leia também

Terça, 19 de setembro de 2017

18:04 - Vecchio crê na inteligência do Santos para vencer a força do Barcelona-EQU

17:15 - Pará pede cuidado ao Flamengo para não ser surpreendido pela Chapecoense em casa

13:56 - Substituto de Neymar no Barcelona, Dembélé passa bem após cirurgia

13:38 - Novo patrocinador do COB promete premiação em dinheiro para medalhistas

10:38 - Cuca critica adoção do árbitro de vídeo e diz que 'será uma lambança'

09:52 - Mal-estar com Neymar isola o uruguaio Cavani no ataque

09:37 - Seleção feminina leva virada e perde mais uma da Austrália em amistoso

Segunda, 18 de setembro de 2017

16:11 - Promessa de novo recorde de público no Morumbi anima o São Paulo para clássico

15:47 - Após polêmica com Jô, Brasileirão pode ter árbitro de vídeo na próxima rodada

09:13 - Cuiabá Arsenal atropela Goiânia Rednecks e segue para oitavas