WhatsApp Twuitter

Segunda, 19 de junho de 2017, 15h26

Órgão da Fifa propõe jogo de futebol com 60 minutos


Em tempos de uso do árbitro de vídeo no futebol, a International Football Association Board (IFAB) lançou uma série de sugestões para alterar e incluir outras regras no regulamento. O órgão independente é formado pelas quatro associações do esporte no Reino Unido e pela Fifa. Com as mudanças, a ideia é tornar o jogo mais atraente e dinâmico.

A principal proposta é acabar com a famosa "cera", estabelecendo que as partidas terão obrigatoriamente 60 minutos de ação. O relógio seria parado cada vez que a bola saísse de campo, garantindo que os jogos estariam adequados ao tempo de bola rolando considerado ideal pela Fifa.

Outras novidades, como dar a chance ao jogador de cobrar uma falta ou escanteio para si mesmo e só permitir o encerramento do primeiro ou segundo tempo com a bola fora de jogo, ainda devem ser discutidas. Pênaltis sem rebotes também entram no debate. Nesse caso, uma cobrança defendida ou na trave configuraria automaticamente um tiro de meta.

Algumas sugestões já estão sendo testadas. Permitir que somente o capitão do time possa conversar com o árbitro e alterar as disputas de pênalti para o formato "ABBA" são inovações em teste na Copa das Confederações e em competições de base, respectivamente.

A IFAB se define como a guardiã independente das regras do futebol e é a única entidade autorizada a decidir sobre mudanças no regulamento. O objetivo desse pacote de mudanças é melhorar o comportamento e o respeito, aumentar o tempo de bola em jogo e desenvolver a atratividade do esporte.

Confira algumas outras propostas de alterações no regulamento

- Cartões amarelos e vermelhos para membros da comissão técnica.

- Relógios visíveis nos estádios, para todos acompanharem a contagem de tempo feita pelo árbitro.

- Possibilidade de validar um gol caso o mesmo seja impedido por um toque de mão em cima da linha.

- Mais rigidez com o tempo que o goleiro segura a bola - 6 segundos.

As alterações passarão por debate em reuniões antes de serem colocadas em prática ou testadas. 



// matérias relacionadas

Sexta, 17 de novembro de 2017

22:13 - Testemunha diz que Del Nero já mandava na CBF na gestão Marin

19:57 - Conheça os envolvidos no escândalo de corrupção que abalou o futebol

Sexta, 10 de novembro de 2017

23:00 - Hope Solo diz que foi vítima de abuso sexual de Blatter em festa da Fifa

Sexta, 27 de outubro de 2017

13:21 - Fifa aprova estrutura para permitir repasse de US$ 100 milhões para CBF

10:22 - Fifa avalia mudar Mundial de Clubes e acabar com a Copa das Confederações

Quarta, 13 de setembro de 2017

09:07 - Ex-dirigente revela abuso de poder por Infantino e abre nova crise na Fifa

Terça, 18 de julho de 2017

11:52 - Brasil é alertado sobre pedido de prisão de Ricardo Teixeira na Espanha

08:52 - Operação contra corrupção no futebol espanhol prende cúpula do futebol

Quinta, 13 de julho de 2017

11:26 - Delator em investigação do FBI sobre a Fifa, Chuck Blazer morre aos 72 anos

Terça, 23 de maio de 2017

11:16 - Autoridades espanholas dizem que pedido de prisão a Ricardo Teixeira é provável


// leia também

Domingo, 19 de novembro de 2017

09:59 - Cavani revela que Neymar é cobrador oficial de pênaltis do PSG

09:31 - Até 1990, Flamengo era um exemplo de títulos para o Corinthians

Sábado, 18 de novembro de 2017

14:30 - Fechamento de cratera na BR-040, no Rio, deve ser concluído neste sábado

14:00 - Melo e Kubot arrasam rivais e vão à decisão do ATP Finals

13:30 - Brasil fatura prata no 4x50m medley misto em etapa da Copa do Mundo

12:30 - Arsenal vence clássico e impede Tottenham de se aproximar do líder do Inglês

07:50 - Brasil e Costa Rica fazem amistosos em Campo Verde e Cuiabá

Sexta, 17 de novembro de 2017

21:05 - STJD suspende torcida organizada do Palmeiras dos jogos finais

20:28 - Roberto de Andrade promete Corinthians com força máxima até o fim do Brasileiro

13:45 - Ferrari da última vitória de Schumacher é leiloada por R$ 24,6 milhões