WhatsApp Twuitter

Quarta, 12 de setembro de 2018, 11h36

'Falta de respeito'

Neymar diz que sofreu muito na Copa do Mundo e ataca juiz por cartão


 O atacante Neymar voltou a lamentar a queda precoce da seleção brasileira na Copa do Mundo da Rússia e disse que "sofreu muito", mas comemorou os triunfos da equipe nos dois primeiros amistosos da competição. A equipe superou os Estados Unidos por 2 a 0, na sexta-feira, e El Salvador por 5 a 0, nesta terça, com o jogador do Paris Saint-Germain tendo marcado um gol em cada jogo, sendo ambos em cobranças de pênalti.

"A gente sabe o que sofreu na Copa do Mundo, eu particularmente sofri bastante. Então estar de volta a defender a seleção é um orgulho, uma honra", disse o atacante, que nesta terça-feira, em Washington, abriu o placar da goleada aos cinco minutos do primeiro tempo. "Estar de volta vencendo e fazendo gols e jogando com meus companheiros, da melhor forma possível", disse.

Neymar levou um cartão amarelo na partida e criticou o árbitro Jair Marufo. Ele assegurou não ter simulado uma falta na jogada, assegurando que foi derrubado e sofreu pênalti. "Sofri, sofri o pênalti, sofri a falta e mesmo assim levei o cartão. Isso é uma falta de respeito não só comigo, mas com todos do meu grupo", afirmou.

Além disso, Neymar elogiou o atacante Richarlison, destaque da partida e autor de dois gols. "Ele é um figura. Eu o parabenizo pela partida de hoje, por tudo que tem feito desde que chegou aqui. É um menino novo, que tem muito a evoluir, e fico muito feliz de não só ele ter feito gol, mas de ter feito a dança do pombo também", disse, aos risos, sobre a dança realizada pelo atacante na comemoração de um dos seus gol contra El Salvador.

Já Richarlison, após marcar seus primeiros gols pela seleção, afirmou esperar seguir atuando em alto nível para ser lembrado por Tite em 2019, na lista de convocados para a Copa América. "Agora é dar sequência no meu clube para poder estar vestindo a camisa da seleção novamente", afirmou.

Um dia antes do amistoso, o técnico Tite havia provocado o mandatário norte-americano ao exibir uma mão aberta para simbolizar os cinco títulos mundiais da seleção brasileira. "Talvez historicamente ele possa ser melhor informado", afirmara. O presidente dos Estados Unidos, no ultimo dia 28, recebeu o presidente da Fifa, Gianni Infantino e, na ocasião, disse em tom de brincadeira que a seleção teve um "probleminha" recentemente a uma jornalista brasileira.



// matérias relacionadas

Sábado, 15 de setembro de 2018

18:00 - Cuca relaciona Sánchez e Felippe Cardoso no Santos para enfrentar São Paulo

14:19 - Comandante regional da PM está de coração dividido por causa de jogo

11:42 - Bayern de Munique vence de virada e vira líder isolado do Campeonato Alemão

Sexta, 14 de setembro de 2018

10:18 - Chapecoense derrota Atlético-PR e joga Vasco na zona de rebaixamento

09:08 - Seca de gols de Romero afeta rendimento do Corinthians

Quinta, 13 de setembro de 2018

19:30 - 'Lance do jogo do Palmeiras não era para VAR', diz coordenador da CBF

10:56 - Maurício Barbieri espera acertar o Flamengo após clássico contra o Vasco

10:39 - Diretor do Palmeiras chama árbitro de Mato Grosso de 'despreparado'

07:00 - Laudo aponta anomalias em estrutura do Estádio Germano Kruger

Quarta, 12 de setembro de 2018

08:33 - Seleção Brasileira vence por 5 a 0 sobre El Salvador e Tite comemora


// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

15:00 - Com incômodo na coxa, Fagner desfalca o Corinthians contra o Sport

14:00 - Real Madrid empata com Athletic Bilbao e perde 100% de aproveitamento no Espanhol

13:00 - Brasil leva virada, é surpreendido pela Holanda e perde a 1º no Mundial de Vôlei

12:00 - Darlan Romani alcança 22 metros no arremeso de peso e bate recorde sul-americano

11:00 - Henrique Avancini coroa temporada perfeita e é campeão mundial de Mountain Bike

10:00 - Jorge Zarif fecha dia em 4º e se mantém na luta por pódio em evento-teste da vela

09:00 - Manchester United quebra invencibilidade do Watford e vence 2ª seguida no Inglês

07:31 - Ceará supera o Vitória no Castelão e dorme fora da zona de rebaixamento

07:27 - Em aniversário do clube, Grêmio bate o lanterna Paraná e fica mais perto do G4

Sábado, 15 de setembro de 2018

17:30 - França vence confronto de duplas contra a Espanha e volta à final da Copa Davis