WhatsApp Twuitter

Sábado, 15 de setembro de 2018, 17h30

França vence confronto de duplas contra a Espanha e volta à final da Copa Davis


Terceiro país com mais títulos na Copa Davis (tem 10 conquistas) e atual campeã, a França está de novo em uma final do torneio centenário. Em casa, na quadra dura de Lille, os veteranos Nicolas Mahut e Julien Benneteau venceram o confronto de duplas neste sábado contra os espanhóis Feliciano López e Marcel Granollers por 3 sets a 0, com parciais de 6/0, 6/4 e 7/6 (9/7).

Mahut e Benneteau, este que joga sua última temporada na carreira, arrasaram os espanhóis no primeiro set, visto que conseguiram três quebras de serviço e perderam somente quatro pontos em toda a parcial. No segundo set, a partida foi mais equilibrada e os franceses aproveitaram a única quebra que tiveram, ainda no início, para fazer 2 a 0.

A dificuldade para a dupla anfitriã ficou para o final. No terceiro set, os espanhóis cresceram e abriram 3/0. Experientes, Mahut e Benneteau, porém, se recuperaram com rapidez e empatam a partida, que foi para o tie-break, decidido por 9 a 7 com um winner de devolução no terceiro match point.

O confronto diante da Espanha foi definido com três vitórias em três jogos. Antes, Benoit Paire e Lucas Pouille já haviam vencido Pablo Busta-Carreno e Roberto Bautista-Agut, respectivamente.

Os franceses chegam à 19ª final da Copa Davis, a segunda seguida e a terceira nas últimas cinco edições da competição. Em 2014, derrota para a Suíça, que tinha Roger Federer e Stan Wawrinka como destaques. Ano passado, triunfo sobre a Bélgica de David Goffin.

As finais da Copa Davis serão entre os dias 23 e 25 de novembro. O adversário sairá do confronto entre Croácia e Estados Unidos. Caso os croatas vençam, os franceses farão a decisão em casa, o que não acontecerá se os norte-americanos forem os adversários na grande final.

EUA ainda no páreo - Derrotados nos dois primeiros duelos contra a Croácia, os Estados Unidos se recuperaram neste sábado e venceram o terceiro jogo, evitando, assim, a eliminação na Copa Davis e se mantendo com chance de ir à final.

A equipe norte-americana, formada por Mike Bryan e Ryan Harrison venceu a batalha de 4h43 diante de Ivan Dodig e Mate Pavic por 7/5, 7/6 (8/6), 1/6, 6/7 (5/7) e 7/6 (7/5), no saibro de Zadar, na Croácia, e deixou o confronto em 2 a 1 a favor dos croatas.

Os norte-americanos ainda têm menos chances de irem à final, já que a quarta partida opõe Marin Cilic, número 6 do mundo, e Steve Johnson, 30º colocado. No duelo que será às 11 horas (de Brasília) deste domingo, Cilic precisa de uma vitória simples para colocar a Croácia de novo em uma final de Davis após dois anos.

A Croácia tem um título na Davis, conquistado em 2005, e foi vice-campeã em 2016, quando perdeu a final para a Argentina. Os Estados Unidos são os maiores campeões, com 32 conquistas, mas não chegam a uma final desde 2007, ano do último título.



// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

15:00 - Com incômodo na coxa, Fagner desfalca o Corinthians contra o Sport

14:00 - Real Madrid empata com Athletic Bilbao e perde 100% de aproveitamento no Espanhol

13:00 - Brasil leva virada, é surpreendido pela Holanda e perde a 1º no Mundial de Vôlei

12:00 - Darlan Romani alcança 22 metros no arremeso de peso e bate recorde sul-americano

11:00 - Henrique Avancini coroa temporada perfeita e é campeão mundial de Mountain Bike

10:00 - Jorge Zarif fecha dia em 4º e se mantém na luta por pódio em evento-teste da vela

09:00 - Manchester United quebra invencibilidade do Watford e vence 2ª seguida no Inglês

07:31 - Ceará supera o Vitória no Castelão e dorme fora da zona de rebaixamento

07:27 - Em aniversário do clube, Grêmio bate o lanterna Paraná e fica mais perto do G4

Sábado, 15 de setembro de 2018

18:00 - Cuca relaciona Sánchez e Felippe Cardoso no Santos para enfrentar São Paulo