WhatsApp Twuitter

Domingo, 16 de setembro de 2018, 07h27

esporte

Em aniversário do clube, Grêmio bate o lanterna Paraná e fica mais perto do G4


Sem nenhum susto, o time reserva do Grêmio controlou o jogo e venceu o lanterna Paraná por 2 a 0, dentro da sua arena, no mesmo dia em que o clube comemorou 115 anos de existência. Alisson foi o homem do jogo realizado na tarde deste sábado, em Porto Alegre. Ele sofreu o pênalti convertido por Douglas e depois acertou o belo cruzamento para o gol de Juninho Capixaba. Com a vitória nesta 25ª rodada, o time de Renato Gaúcho ficou mais perto da briga por uma vaga no G4 do Campeonato Brasileiro.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP memória

São duas vitórias, duas derrotas e um empate nos últimos cinco jogos, retrospecto que mantém o Grêmio no G6, agora com 44 pontos. Renato mandou o time reserva para campo porque na terça-feira joga com o Atlético Tucumán, da Argentina, pela Copa Libertadores. Com o time completo, o Paraná não conseguiu criar nenhuma chance de perigo e segue na lanterna da competição, com apenas 16 pontos e um jejum de 12 jogos sem vitória.

O curioso é que Paraná fechou o primeiro tempo sem deixar o goleiro Richard sofrer. Mesmo jogando fora de casa, conseguiu acertar o posicionamento e praticamente anulou os reservas gaúchos. Com Marcelo Oliveira improvisado como zagueiro e Léo Moura começando como titular na lateral direita, Renato Gaúcho queria aproveitar a velocidade para tentar surpreender o adversário.

Com 36 minutos, o Grêmio conseguiu criar a primeira oportunidade de perigo. Léo Moura encontrou espaço pela direita, cruzou rasteiro e Alisson apareceu para completar. Richard conseguiu espalmar e a bola caiu nos pés de Juninho Capixaba, que perdeu no rebote. A única chance real de perigo traduziu o primeiro tempo de muita marcação, mas com pouca objetividade.

A história mudou com o início da etapa final. Com apenas sete minutos, Alisson recebeu pela direita, tentou o corte e acabou derrubado por Igor dentro da grande área. Na cobrança do pênalti, Douglas mandou com força no meio do gol e abriu o placar. A vantagem deu a tranquilidade que o time da casa precisava para passar a controlar a partida.

Pouco tempo depois, com 18 minutos, Alisson fez nova jogada pela direita, ainda fora da grande área, e conseguiu cruzar na medida para Juninho Capixaba. O lateral testou sem força, mas a bola subiu e encobriu o goleiro Richard, que nada pôde fazer para evitar o segundo gol do Grêmio. A essa altura o Paraná já não conseguia mais corresponder e sofria para passar a intermediária ofensiva.

Tranquilo no jogo, o Grêmio ainda teve a oportunidade de construir uma goleada dentro de casa. Aos 26 minutos, Júnior recuou mal de cabeça e a bola caiu nos pés de Everton, que mandou por cima do gol ao tentar finalizar de primeira pelo alto. Depois, com 36, Thonny Anderson recebeu frente a frente com o goleiro Richard e demorou demais para tomar uma decisão. Quando rolou para o meio, a marcação do Paraná já conseguiu afastar.

No próximo domingo, às 11 horas, o Grêmio joga com o Ceará novamente em Porto Alegre. Já o Paraná faz o seu segundo jogo consecutivo como visitante, desta vez contra o rival Atlético-PR, às 16 horas, na Arena da Baixada. Um clássico em Curitiba.



// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

15:00 - Com incômodo na coxa, Fagner desfalca o Corinthians contra o Sport

14:00 - Real Madrid empata com Athletic Bilbao e perde 100% de aproveitamento no Espanhol

13:00 - Brasil leva virada, é surpreendido pela Holanda e perde a 1º no Mundial de Vôlei

12:00 - Darlan Romani alcança 22 metros no arremeso de peso e bate recorde sul-americano

11:00 - Henrique Avancini coroa temporada perfeita e é campeão mundial de Mountain Bike

10:00 - Jorge Zarif fecha dia em 4º e se mantém na luta por pódio em evento-teste da vela

09:00 - Manchester United quebra invencibilidade do Watford e vence 2ª seguida no Inglês

07:31 - Ceará supera o Vitória no Castelão e dorme fora da zona de rebaixamento

Sábado, 15 de setembro de 2018

18:00 - Cuca relaciona Sánchez e Felippe Cardoso no Santos para enfrentar São Paulo

17:30 - França vence confronto de duplas contra a Espanha e volta à final da Copa Davis