WhatsApp Twuitter

Sábado, 15 de setembro de 2018, 08h42

quase 1 ano depois

Na passagem do Florence, Trump questiona mortes provocadas pelo furacão Maria


Em meio à passagem da tempestade tropical Florence, que matou pelo menos cinco pessoas na costa leste americana, o presidente Donald Trump questionou novamente o número de óbitos causados pelo furacão Maria no território de Porto Rico, em outubro de 2017. Segundo o mandatário, a revisão do balanço de mortos anunciada em agosto, que elevou de 64 para 2.975, foi ‘um passe de mágica‘.

‘Quando Trump esteve na ilha em outubro passado, especialistas informaram que 16 pessoas morreram por causa do Maria’. The Washington Post. Isso foi muito depois do furacão ter passado. Por muitos meses, (o número) chegou a 64. Então, como num passe de mágica, mais de 3 mil pessoas morreram‘, escreveu o presidente americano, no Twitter. ‘Cinquenta vezes o número original - Sem chance!‘.

Na quinta-feira, 14, Trump acusou os democratas de inflar o número de mortos para ‘fazer ele parecer um presidente ruim‘. O mandatário afirmou que entre seis a 18 pessoas foram confirmadas mortas à época e sugeriu que várias outras pessoas foram adicionadas ao balanço depois ‘se morressem por qualquer motivo, como idade avançada‘.

Quase um ano após a passagem do Maria, os esforços da Casa Branca em auxiliar Porto Rico continuam sendo fortemente criticados. O território ainda sofre com constante falta de energia elétrica, mais de 60 mil casas ainda estão sob telhados improvisados e 13% dos municípios não têm conexões estáveis de telefone e internet. Após os comentários de Trump, alguns republicanos concordaram que o presidente foi longe demais com as críticas.

‘Casualidades não fazem uma pessoa parecer ruim‘, disse o presidente da Câmara, o republicano Paul Ryan. ‘Então, não vejo motivo para questionar esses números.‘

No mês passado, o governador de Porto Rico, Ricardo Rossello, revisou o balanço de mortos por causa do Maria após um estudo independente financiado pelo governo estimar que, ao invés de 64, cerca de 2.975 pessoas morreram direta e indiretamente no desastre. As mortes consideradas diretas incluíram afogamentos ou esmagamentos por queda de árvores. As indiretas foram paradas cardíacas, eletrocuções e falta de acesso a tratamento médico ou medicamentos, considerando que a interrupção de energia elétrica impossibilitou tratamentos como diálises.

Desde a divulgação do balanço, Trump passou a questionar constantemente o número de mortos, a postura de políticos do território americano e a cobertura da imprensa sobre as consequências da passagem do Maria em Porto Rico. Na quinta, o porta-voz da Casa Branca, Hogan Gidley, defendeu o presidente.

‘Como o presidente disse, toda morte causada pelo Furacão Maria é um horror. Antes, durante e após o furacão, o presidente direcionou toda a sua administração para providenciar apoio sem precedentes a Porto Rico‘, disse. ‘O presidente Trump está respondendo à imprensa liberal e ao prefeito de San Juan que, infelizmente, tentou explorar essa devastação com um fluxo constante de desinformações e falsas acusações.‘



// matérias relacionadas

Sábado, 15 de setembro de 2018

10:04 - Tempestade Florence provoca mortes e estragos nos EUA e enfraquece

Domingo, 09 de setembro de 2018

13:13 - Furacão pode atingir Costa Leste dos EUA nesta semana

Segunda, 16 de outubro de 2017

07:20 - Irlanda e Reino Unido se preparam para impacto do furacão Ophelia

Sábado, 07 de outubro de 2017

15:33 - Furacão Nate deve atingir categoria 2 nas próximas horas ao tocar Golfo

Sexta, 06 de outubro de 2017

10:33 - Após matar 22, tempestade tropical Nate segue para o México

Domingo, 01 de outubro de 2017

12:30 - 'Apesar dos furacões, não quero voltar para Cuiabá'

Quinta, 21 de setembro de 2017

11:56 - Furacão Maria volta para categoria 3 e atinge República Dominicana

Quarta, 20 de setembro de 2017

10:54 - Sobe para 224 o número de mortos em terremoto no México

Terça, 19 de setembro de 2017

13:10 - Primeiro-ministro diz que Dominica perdeu tudo durante passagem de furacão

Quarta, 13 de setembro de 2017

08:35 - Irmãs atingidas por furacão se reencontram com familiares


// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

17:00 - Ativista russo com sintomas de envenenamento é transferido para Berlim

16:30 - Pelo menos 29 morrem nas Filipinas após passagem do tufão Mangkhut

16:00 - Tufão Mangkhut chega à China e mais 2,45 milhões de pessoas deixam suas casas

08:30 - EUA se preocupa com cheia de rios enquanto Florence já deixa 11 mortos

08:00 - Trump deve anunciar tarifas sobre US$ 200 bi em importação chinesa, dizem fontes

07:24 - ONU aponta novas evidências de que Coreia do Norte está violando sanções

07:19 - Centenas ficam presos em enchentes que se seguem à tempestade Florence

Sábado, 15 de setembro de 2018

11:59 - Tufão provoca morte de 12 pessoas nas Filipinas

Sexta, 14 de setembro de 2018

16:55 - Grécia supera Itália como porta de entrada para migrantes

16:39 - Explosões de gás provocam incêndios em quase 40 residências nos EUA