WhatsApp Twuitter

Segunda, 17 de abril de 2017, 08h36

Triste notícia

Morrem outros três bebês dos quíntuplos nascidos em Goiânia


 Os outros três bebês dos quíntuplos gerados pela técnica de enfermagem Carla Divina Faria de Oliveira, de 24 anos, morreram na madrugada deste domingo, 16, em Goiânia (GO). Os dois primeiros – um menino e uma menina – já tinham morrido logo após o nascimento, na Maternidade Amparo, na capital goiana. As crianças eram prematuras e nasceram antes de completar seis meses, situação que os médicos consideram de altíssimo risco. Três bebês tinham nascido de parto normal e dois, por meio de cesariana – eram quatro meninos e uma menina.

Segundo o avô materno dos bebês, Carlos Antônio de Oliveira, até a tarde deste domingo a mãe não sabia da morte dos outros prematuros, pois estava sedada e sob cuidados médicos. O marido dela, o encanador Luciano Gomes, de 39 anos, providenciou o sepultamento dos corpos no cemitério de Nerópolis, cidade da região metropolitana de Goiânia, onde reside a família.

Oliveira contou que a filha foi internada na última segunda-feira, 10, depois de sentir dores e contrações. Os médicos tentaram fazer com que segurasse as crianças no útero por mais algumas semanas, mas não foi possível. O avô disse que os bebês nasceram bem formados e foram levados para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, mas não sobreviveram.

Conforme o relato do pai de Carla, ela havia engravidado anteriormente de gêmeos e também perdera os filhos. De acordo com os médicos, a chance de nascerem quíntuplos em gestações naturais, como nesse caso, é de uma a cada 65 milhões de nascimentos.

Em maio de 2016, um nascimento de quíntuplos já havia sido registrado no Hospital da Criança, em Goiânia. As quatro meninas e um menino nasceram de 28 semanas, pesando entre 500 e 800 gramas. A mãe havia engravidado por inseminação artificial. Os cinco bebês também não sobreviveram, morrendo nas 72 horas seguintes ao parto, uma cesariana.
 



// matérias relacionadas

Domingo, 19 de novembro de 2017

09:25 - Um mês após tiroteio em escola, adolescente tenta retomar a vida

Quarta, 13 de setembro de 2017

08:42 - Mais de mil pessoas em Goiânia ainda têm rotina ligada ao césio 137

Quinta, 27 de julho de 2017

08:51 - Seis presos são mortos e oito fogem de presídio durante rebelião em Goiás

Segunda, 24 de julho de 2017

09:11 - Criança e adolescente morrem em GO após carro entrar em canavial em chamas

Sexta, 07 de julho de 2017

11:12 - Polícia prende grupo que vendia gabaritos de vestibulares de Medicina

Terça, 23 de maio de 2017

08:36 - Mãe e padrasto matam filho, lançam corpo no mato e denunciam sequestro

Sexta, 12 de maio de 2017

08:58 - Estudante agredido por capitão da PM recebe alta de hospital em Goiás

Segunda, 27 de março de 2017

11:17 - Com superlotação, hospital de Goiás tem duas mortes

Quarta, 22 de fevereiro de 2017

09:07 - Polícia deflagra Operação Hicsos contra roubo de cargas de alto valor

Terça, 06 de dezembro de 2016

10:20 - Pai de 16 anos é suspeito de agredir filho de 8 meses


// leia também

Quarta, 22 de novembro de 2017

09:51 - Operação prende suspeitos de compartilhar pornografia infantil em SP

Terça, 21 de novembro de 2017

20:54 - Unicamp aprova cotas, seleção pelo Enem e vagas para vencedores de olimpíadas

19:45 - MP denuncia homem que matou jovem durante carona combinada por app

17:59 - Inep diz que 40,3% dos 1,5 milhão de inscritos fizeram as provas do Encceja 2017

17:12 - Governo cria 'pré-cadastro virtual' para melhorar emissão da carteira de trabalho

14:59 - Três homens são mortos em operação da polícia na Cidade de Deus

14:29 - Novo modelo de certidão de nascimento permite inclusão de nome de padrasto

09:07 - Mulher morre em emboscada em estrada rural montada pelo marido

08:50 - Câmara discute proposta que pode vetar aborto em qualquer situação

Segunda, 20 de novembro de 2017

16:55 - Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro