WhatsApp Twuitter

Sexta, 07 de julho de 2017, 11h12

Polícia prende grupo que vendia gabaritos de vestibulares de Medicina


A Polícia Civil de Goiás prendeu nesta quinta-feira, 6, cinco suspeitos de fraudes em vestibulares de Medicina em 12 Estados e no Distrito Federal. Os envolvidos foram flagrados por investigadores disfarçados.

O grupo vendia a aprovação por valores que giravam entre R$ 80 mil e R$ 120 mil, conforme o tipo de entrega do gabarito. A polícia estima que 170 estudantes tenham sido beneficiados pelo esquema e que pelo menos metade tenha sido aprovada.

Os agentes filmaram os suspeitos enquanto eles ‘ensinavam‘ a fraude. Eles utilizavam aparelhos celulares debaixo de roupas íntimas bem justas, para disfarçar.

Foram presos o empresário Rogério Cardoso de Matos, apontado como chefe da quadrilha; o estudante de Engenharia Civil Mateus Ovídio Siqueira; Fernando Batista Pereira, que negociava os aparelhos celulares e ensinava a ocultar o equipamento; e dois aliciadores identificados como Osmar e Elisângela.

O delegado Cleybio Januário Ferreira se passou por fiscal e flagrou Ovídio Siqueira com um celular passando o gabarito para os candidatos.

Os nomes dos investigados que foram aprovados serão encaminhados para as universidades para que elas promovam a exclusão deles e melhorem o controle aos locais de provas.

Defesa

A reportagem não conseguiu contato com os advogados dos presos. Em uma conversa entre um suspeito e uma agente infiltrada como candidata ele garante todo ’apoio’ para defender os candidatos.

‘A gente tem advogado, a gente tem tudo. Se der algum problema, não entra em pânico e fala assim: ’Alguém vai me ajudar’. Eu vou ajudar. Eu tenho os melhores advogados.‘ 



// matérias relacionadas

Quarta, 13 de setembro de 2017

08:42 - Mais de mil pessoas em Goiânia ainda têm rotina ligada ao césio 137

Quinta, 27 de julho de 2017

08:51 - Seis presos são mortos e oito fogem de presídio durante rebelião em Goiás

Segunda, 24 de julho de 2017

09:11 - Criança e adolescente morrem em GO após carro entrar em canavial em chamas

Terça, 23 de maio de 2017

08:36 - Mãe e padrasto matam filho, lançam corpo no mato e denunciam sequestro

Sexta, 12 de maio de 2017

08:58 - Estudante agredido por capitão da PM recebe alta de hospital em Goiás

Segunda, 17 de abril de 2017

08:36 - Morrem outros três bebês dos quíntuplos nascidos em Goiânia

Segunda, 27 de março de 2017

11:17 - Com superlotação, hospital de Goiás tem duas mortes

Quarta, 22 de fevereiro de 2017

09:07 - Polícia deflagra Operação Hicsos contra roubo de cargas de alto valor

Terça, 06 de dezembro de 2016

10:20 - Pai de 16 anos é suspeito de agredir filho de 8 meses

Terça, 25 de outubro de 2016

08:34 - STJ condena padre por interromper aborto legal


// leia também

Terça, 19 de setembro de 2017

22:44 - MPF pede manutenção da prisão preventiva de Jacob Barata Filho

21:50 - Alexandre Moraes é favorável à prisão de condenados em 2ª instância

16:59 - Ministérios, Detran e governos de MG e RJ aderem à campanha #TrateSeuPreconceito

16:51 - Sem-teto desocupam portaria do Ministério da Fazenda depois de duas horas

15:30 - Para 50% dos brasileiros, saída de Temer não resolverá crise política

14:55 - Jogador da seleção de hóquei é morto com tiro na nuca no litoral

Segunda, 18 de setembro de 2017

22:00 - Estudantes já podem se inscrever para vagas remanescentes do Fies

21:30 - Lojas fecham na Rocinha um dia depois de tiroteio com mortos

21:00 - Polícia Federal investiga fraudes em 14 concursos públicos

18:01 - Mais de 80% das empresas brasileiras têm irregularidades, aponta estudo