WhatsApp Twuitter

Segunda, 11 de setembro de 2017, 12h36

Servidores do Detran entram em greve por reajuste e criticam falta de diálogo

Janaiara Soares, repórter do GD


Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) deram início à paralisação da categoria que tem como objetivo pressionar o governo do Estado a atender as reivindicações salariais. Eles afirmam que os valores pagos pelo Executivo estão defasados há 6 anos. A greve deve ser mantida até que o governo se posicione quanto as demandas solicitadas.

Divulgação/Assessoria

Paralisação começa nesta segunda-feira (11) e segue por tempo indeterminado

O Sinetran informou que somente os servidores comissionados e alguns que não aderiram ao movimento deverão permanecer em atendimento em todo o Estado. Segundo o sindicato, tais trabalhadores corresponderiam aos 30% que devem permanecer em atividade durante a paralisação, conforme determina o Supremo Tribunal Federal (STF).

A presidente do Sinetran, Daiane Renner, afirmou que o governo não cumpriu o acordo firmado com a categoria e por isso a paralisação é necessária. “O governo nem nos apresentou uma proposta por escrito para que pudéssemos levar para a categoria avaliar em assembleia, o que demonstra que não está preocupado com o prejuízo que causará a população. Não aguentamos mais esse sucateamento”, disse.

Em nota o governo afirma que não tem condições de conceder novos aumentos aos salários dos servidores do Detran. “Entretanto, os esforços da equipe econômica e Casa Civil seguem no sentido de encontrar uma solução para a questão apresentada pelo sindicato da categoria. O governo do Estado esclarece que toda a margem de aumento foi consumida na negociação para o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), construída em conjunto com os sindicatos e a Assembleia Legislativa”.

Ressalta ainda que o Estado continua fazendo cortes de gastos para manter o pagamento dos salários em dia, inclusive, pagando de forma integral todos os reajustes anuais dentro do planejamento apresentado aos servidores. “O governo lamenta a greve dos servidores do Detran e destaca a disponibilidade de continuar as negociações com a categoria”.



// matérias relacionadas

Domingo, 12 de novembro de 2017

15:48 - Após greve e serviços acumulados, Detran atenderá a partir das 9h na segunda

Quinta, 09 de novembro de 2017

20:47 - Com Fávaro no comando, greve é encerrada

Quarta, 08 de novembro de 2017

16:58 - Vice-governador tenta encerrar greve no Detran

Sexta, 03 de novembro de 2017

07:10 - Pedro Taques não vê excesso da PM contra servidores do Detran

Quarta, 01 de novembro de 2017

19:21 - TJ autoriza governo de MT cortar ponto dos servidores do Detran

Terça, 31 de outubro de 2017

19:13 - Secretário diz que ação da PM foi correta e não vai aceitar novos bloqueios de vias

14:12 - Servidora do Detran relata momentos de tortura após prisão

10:43 - Protesto de servidores do Detran tem confusão com PM, gás de pimenta e 3 prisões

Domingo, 22 de outubro de 2017

09:00 - Vendas de veículos usados têm redução de 70% em MT

Sexta, 20 de outubro de 2017

08:10 - Greve chega ao 40º dia com 54% das agências fechadas


// leia também

Quinta, 23 de novembro de 2017

17:18 - Obras da UPA Cristo Rei são iniciadas e ficam prontas em 2018

16:20 - Caminhonete capota e agricultor morre ao ser arremessado para fora

12:51 - Procon fará blitz em lojas que aderirem ao black Friday para garantir direitos do consumidor

11:21 - Crianças lutam contra o câncer com apoio das mães

10:46 - Videomonitoramento será utilizado para proibir caminhões no Centro

10:21 - Van com passageiros em tratamento sofre acidente na BR-163

10:08 - Acidente entre carros e ônibus na avenida da FEB deixa condutor ferido - veja vídeo

Quarta, 22 de novembro de 2017

18:41 - Técnicos do BNDES vistoriam obras de revitalização da Salgadeira

18:06 - Obras de reforma da Praça Ipiranga entram na fase de concretagem

18:06 - Prefeitura de Cuiabá realiza mutirão para recadastrar programas sociais