WhatsApp Twuitter

Terça, 12 de setembro de 2017, 08h45

furacão irma

Irmãs cuiabanas que perderam tudo já estão voando para Cuiabá

Keka Werneck, repórter do GD


Arquivo Pessoal

Samara estava estudando inglês e morando na casa da irmã, Sara, do marido Marvin, que são pais do bebê Brian

 

Irmãs cuiabanas que moram na região das ilhas do Caribe e perderam tudo com a passagem do furacão Irma, no último domingo (10), já estão a caminho de Cuiabá.

Samara Cristina Nunes Bandeira, 17, e Sara Cristina Nunes Bandeira Joseph, 24, filhas do pastor da Igreja de Deus, Uziel Bandeira, embarcaram no final da tarde de ontem, segunda-feira (11), em um avião particular.

"Elas conseguiram carona em uma aeronave particular de um brasileiro que estava passando lá em Tortola, ontem à tarde. Ele comunicou o pessoal que estaria passando lá e pegou algumas pessoas na ilha, porque ele conseguiu pousar, estava em um helicóptero, e as levou para Porto Rico. De lá,  conseguimos um voo para elas, que saíram hoje de madrugada, por volta das 5h da manhã e vão chegar em São Paulo, hoje à noite, acredito eu que em torno de 21h. Também conseguimos um voo para elas, de São Paulo para cá, no primeiro horário, amanhã", detalha o pastor Uziel bandeira.

"O que nós queríamos é que saíssem da ilha e esse rapaz, graças a Deus, tirou elas de lá", agradece o pai angustiado.

Sara, que é casada com um britânico e tem um bebê de 1 ano e 8 meses, o Brian, mora em Tortola e, assim como no resto da região, o aeroporto de lá foi destruído pela força do vento, deixando as famílias de fato ilhadas. A casa de Sara deu perda total.

“Já esperávamos que tudo estaria perdido, mas tínhamos esperança de ter sobrado alguma coisa. Estamos felizes por estarmos vivos. Isso é o que importa”, declarou, após visitar os destroços que restaram de onde morava.

Divulgação

Casa de Sara deu perda total

A irmã mais nova dela, Samara, estava morando em Tortola, para estudar inglês.

No salvamento, equipe de socorro está dando prioridade a mulheres e crianças. Sendo assim, o marido de Sara, Marvin Joseph, vai ficar na ilha, para ajudar a reconstruí-la. 

"Meu genro ficou até para ajudar lá também, está na correria, tentando ajudar o máximo possível, inclusive parentes e amigos dele", comenta o pastor.

A família de Sara e Marvin sairia da ilha de Tortola através do avião das Força Aérea Brasileira (FAB), que decola para o Brasil hoje (12), às 14 horas, mas a aeronave não conseguiria pousar lá o que inviabilizou a retirada dos desabrigados por esta via.

O pastor Uziel Bandeira pede que a nossa sociedade continue pedindo socorro aos muitos brasileiros que ficaram lá, maioria agora homens, em situação crítica.



// matérias relacionadas

Segunda, 16 de outubro de 2017

07:20 - Irlanda e Reino Unido se preparam para impacto do furacão Ophelia

Sábado, 07 de outubro de 2017

15:33 - Furacão Nate deve atingir categoria 2 nas próximas horas ao tocar Golfo

Sexta, 06 de outubro de 2017

10:33 - Após matar 22, tempestade tropical Nate segue para o México

Domingo, 01 de outubro de 2017

12:30 - 'Apesar dos furacões, não quero voltar para Cuiabá'

Quinta, 21 de setembro de 2017

11:56 - Furacão Maria volta para categoria 3 e atinge República Dominicana

Quarta, 20 de setembro de 2017

10:54 - Sobe para 224 o número de mortos em terremoto no México

Terça, 19 de setembro de 2017

13:10 - Primeiro-ministro diz que Dominica perdeu tudo durante passagem de furacão

Quarta, 13 de setembro de 2017

08:35 - Irmãs atingidas por furacão se reencontram com familiares

Terça, 12 de setembro de 2017

09:41 - Devastadas, Ilhas do Caribe tentam se reconstruir após furacão Irma

Segunda, 11 de setembro de 2017

10:15 - Cuiabanos atingidos pelo furacão Irma querem voltar para casa


// leia também

Segunda, 18 de junho de 2018

18:46 - Prefeitura obtém Certidões Negativas de Débito e pode contrair empréstimo

18:36 - Prefeitura inaugura UBS e Sistema de Tratamento de Água em Chapada

15:03 - Tribunal de Justiça mantém bloqueio de 15 imóveis que pertenciam a Eder

14:42 - Frio continua pelos próximos dias em MT e mínima chega aos 13º

13:32 - MPE emite nota contra estadualização do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

13:15 - VG atinge meta de vacinar 90% dos grupos prioritários contra a gripe

13:10 - Dentistas denunciam Prefeitura por descaso e falta de materiais em clínicas - veja fotos

11:41 - Criança se perde do pai e morre afogada em lago de sítio

10:56 - Caminhoneiro morre ao tombar carreta com bois

09:45 - Câmeras de videomonitoramento voltam a autuar carga pesada após suspensão