WhatsApp Twuitter

Terça, 15 de maio de 2018, 14h38

Sema apreende 100 kg de pescado no Teles Pires

Hannah Marques, repórter Sema/MT


Divulgação/Gcom

Uma operação especial de fiscalização no Rio Teles Pires, próxima a barragem da usina hidrelétrica de Sinop (a 503 Km de Cuiabá), terminou com a apreensão de aproximadamente 100 Kg de pescado irregular. A ação foi realizada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT), em conjunto com a Diretoria de Unidade Desconcentrada de Sinop (DUD Sinop), Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental (BPMPA), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) e o 11° Batalhão de Polícia Militar de Sinop.

O procedimento ocorreu neste domingo (13) e capturou peixes das seguintes espécies: Pintado, Corvina, Tucunaré, Trairão, Curimbatás, Cachorra e Matrinchã, que foram doados para a Instituição Filantrópica Lar dos Vicentinos, em Sinop. Além do pescado apreendido, os fiscais também confiscaram quatro barcos com motores de popa e diversas varas com molinetes e carretilhas com caixas de pesca.

Conforme o coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Júlio Reiners, os envolvidos estavam sem a carteirinha de pescador e estavam fazendo a pesca predatória em local proibido. “É ilegal a captura de peixes fora da medida permitida por lei e também a captura nas proximidades de usinas hidrelétricas”, informa.

As duas pessoas pegas praticando a pesca ilegal, foram encaminhadas para a Polícia Civil e devem responder por crime ambiental. A multa aplicada foi de R$ 11.994,00.

Regras da pesca

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009. Ela estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso.

As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão. 



// matérias relacionadas

Sexta, 14 de setembro de 2018

19:58 - MPE e Cuiabá fazem acordo para impedir construção de condomínio

Terça, 07 de agosto de 2018

19:51 - MPE aciona judicialmente empresário para desaterrar nascente

14:30 - Juiz suspende ação milionária contra condomínio de luxo

Terça, 31 de julho de 2018

14:50 - Ministro Gilmar Mendes é alvo do 5º processo por crimes ambientais em MT

Sexta, 27 de julho de 2018

17:50 - Justiça embarga área e autoriza apreensão em fazenda de sócio de ministro

Terça, 24 de julho de 2018

14:20 - Juiz aumenta para R$ 43,8 milhões multa a ser paga por sobrinho de Riva

Terça, 26 de junho de 2018

15:52 - Pneu estoura em fuga, suspeito foge e pescado ilegal é capturado - Vídeo

Domingo, 03 de junho de 2018

11:14 - Sema apreende 174 quilos de pescado em 2 dias

Quarta, 10 de janeiro de 2018

12:30 - Polícia Militar prende 4 homens por pesca predatória e aplica multa

Quinta, 04 de janeiro de 2018

11:00 - Batalhão Ambiental prendeu 547 pessoas por crime ao meio ambiente


// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

09:47 - Benefícios são negados com frequência em MT

09:04 - Morre aos 113 anos líder quilombola Antônio Mulato

08:17 - Colisão entre carro e carreta deixa três mortos na BR-163

Sábado, 15 de setembro de 2018

14:02 - Após descobrir que não é mãe biológica do filho, mulher faz post no Facebook

13:05 - Hospital de Rondonópolis é interditado após infiltração e novo alagamento - veja vídeo

10:25 - Motociclista tem a perna dilacerada em acidente envolvendo ônibus

Sexta, 14 de setembro de 2018

18:14 - Emanuel Pinheiro promete entregar novo Pronto-Socorro em dezembro

13:30 - Mãe procura por filha desaparecida há 7 dias em Colniza

09:54 - Ex-prefeito não resiste a Acidente Vascular Cerebral e morre em Cuiabá

09:43 - Advogado afirma que Arcanjo está sendo vítima de armação