WhatsApp Twuitter

Sexta, 14 de setembro de 2018, 19h58

MPE e Cuiabá fazem acordo para impedir construção de condomínio

Janã Pinheiro, repórter MP/MT


O Ministério Público Estadual, por meio da 17ª Promotoria de Justiça da Ordem Urbanística e do Patrimônio Cultural de Cuiabá, firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o município de Cuiabá para impedir danos em área onde foram identificadas nascentes pelo projeto Água para o Futuro.

Divulgação/Assessoria

Conforme o MPE, a empresa MRV Engenharia está construindo o empreendimento Chapada da Costa, localizado no bairro Jardim Ubirajara. De acordo com relatório feito pelos técnicos do projeto, no local onde está sendo edificado o imóvel houve supressão da vegetação das APPs das nascentes e do córrego e canalização de corpo hídrico que passa no local.

“Uma das nascentes e o córrego já constavam da base de dados do município de Cuiabá, resultado de um trabalho realizado pelo Instituto de Pesquisa Mato-grossense (IPEM). Foram detectadas, também, irregularidades na doação de áreas institucionais referente ao empreendimento, sendo a área verde plotada em sobreposição à área de preservação permanente, e um parecer da SMADES, juntado nos autos do processo de licenciamento, já alertava para o fato de que as áreas sugeridas para doação de equipamento comunitário e área livre de uso público não possuem condições técnicas adequadas para utilização do município, uma vez que existe canal de drenagem natural", explica o Promotor de Justiça, Gerson Barbosa.

De acordo com ele o MPE tentou, com a empresa e o Município, a resolução consensual do conflito, porém a empresa MRV Prime Projeto MT B Incorporações SPE Ltda informou que não tinha interesse em celebrar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC).

“O município de Cuiabá, por outro lado, respaldado pela sua competência constitucional, que o obriga a proteger o meio ambiente e combater a poluição em qualquer de suas formas (art. 23, VI), e a fim de evitar a ocorrência de danos irreversíveis na área, demonstrou interesse em adotar as medidas administrativas necessárias, mediante a celebração de TAC”, afirma o promotor de Justiça.

Ficou firmado que o município deverá se abster de expedir quaisquer licenças ou autorizações para obras, serviços, atividades ou instalação de empreendimento na área de matrícula do imóvel da MRV. O município não poderá também expedir licenças, autorizações e habite-se para o projeto do empreendimento Chapada da Costa, ao qual se refere o procedimento MVP n. 00384/2015.

No TAC ficou estabelecido ainda que o município deverá proceder o cancelamento do projeto de parcelamento do solo apresentado pela MRV, a fim de que seja apresentado novo projeto regularizando a doação de áreas institucionais, em conformidade com a legislação municipal em vigor.

Com relação aos danos verificados pela construção do empreendimento, o promotor de Justiça Gerson Barbosa esclareceu que serão objeto de ação civil pública, contra a MRV.

Outro lado - Em nota, a MRV assegura a seus clientes que o empreendimento Chapada da Costa atende a todos os normativos legais, com todas as licenças necessárias, o que viabilizou integralmente sua construção, em fase final de acabamento. A MRV comunica que segue à disposição do Ministério Público do Estado para quaisquer esclarecimentos.



// matérias relacionadas

Terça, 07 de agosto de 2018

19:51 - MPE aciona judicialmente empresário para desaterrar nascente

14:30 - Juiz suspende ação milionária contra condomínio de luxo

Terça, 31 de julho de 2018

14:50 - Ministro Gilmar Mendes é alvo do 5º processo por crimes ambientais em MT

Sexta, 27 de julho de 2018

17:50 - Justiça embarga área e autoriza apreensão em fazenda de sócio de ministro

Terça, 24 de julho de 2018

14:20 - Juiz aumenta para R$ 43,8 milhões multa a ser paga por sobrinho de Riva

Terça, 26 de junho de 2018

15:52 - Pneu estoura em fuga, suspeito foge e pescado ilegal é capturado - Vídeo

Domingo, 03 de junho de 2018

11:14 - Sema apreende 174 quilos de pescado em 2 dias

Terça, 15 de maio de 2018

14:38 - Sema apreende 100 kg de pescado no Teles Pires

Quarta, 10 de janeiro de 2018

12:30 - Polícia Militar prende 4 homens por pesca predatória e aplica multa

Quinta, 04 de janeiro de 2018

11:00 - Batalhão Ambiental prendeu 547 pessoas por crime ao meio ambiente


// leia também

Domingo, 16 de setembro de 2018

09:47 - Benefícios são negados com frequência em MT

09:04 - Morre aos 113 anos líder quilombola Antônio Mulato

08:17 - Colisão entre carro e carreta deixa três mortos na BR-163

Sábado, 15 de setembro de 2018

14:02 - Após descobrir que não é mãe biológica do filho, mulher faz post no Facebook

13:05 - Hospital de Rondonópolis é interditado após infiltração e novo alagamento - veja vídeo

10:25 - Motociclista tem a perna dilacerada em acidente envolvendo ônibus

Sexta, 14 de setembro de 2018

18:14 - Emanuel Pinheiro promete entregar novo Pronto-Socorro em dezembro

13:30 - Mãe procura por filha desaparecida há 7 dias em Colniza

09:54 - Ex-prefeito não resiste a Acidente Vascular Cerebral e morre em Cuiabá

09:43 - Advogado afirma que Arcanjo está sendo vítima de armação